Itens relacionados

segunda, 21 agosto 2017 14:35

Raquel Vale

Jovem surfista do norte a conquistar todas as atenções esta semana… 

 

Chega-nos da ponta norte norte do país, de Viana do Castelo, e é umas das muitas raparigas que aderiu e que encontrou no surf uma forma de viver a vida da melhor forma. Aos 14 ela já sabe o que quer: evoluir e passar bons momentos na água com os amigos. É mais um Perfil da Semana by Surftotal a dar sinal neste mês de agosto. 

 

Nome?

Raquel Botelho do Vale.


Idade?

14 anos.

 

Praia local?

Praia do Cabedelo em Viana do Castelo.

 

Estudos?

Estou no 9.º ano de escolaridade.

 

Anos de surf?

Três anos.

 

Quiver?

Zorlak 5’11“. 

 

“O desporto escolar tem cada vez mais jovens

que escolhem esta modalidade"

 

Porque escolheste praticar surf?

Escolhi praticar surf, porque gosto de estar em contacto com a natureza e das emoções, sensações e desafios que me transmite.

 

Pico preferido?

Gosto muito de surfar a direita do pontão da Praia do Cabedelo, em Viana do Castelo.

 

Última surfada memorável que tenhas feito?

Foi na Praia de Moledo com esquerdas compridas e perfeitas durante um treino do meu clube, o Surf Clube de Viana.


Maior susto?

Nunca apanhei grandes sustos. Às vezes fico mais tempo debaixo de água do que o habitual, mas nada de mais. Mas já tive uma desagradável surpresa, em competição e em pleno heat, quando o leash se partiu e tive que ir buscar a prancha numa zona com rochas.

 

Última viagem de sonho?

Foi durante umas férias a meio do período escolar. Fui com o meu clube fazer uma surftrip para a Figueira da Foz e apanhámos ondas perfeitas todos os dias.

 

“Descobri que gosto de competição

porque motiva-me a evoluir e a superar-me"

 

Competição ou free surf?

Gosto muito de fazer surf para relaxar e estar com os meus amigos. Porém, descobri que também gosto de competição porque me motiva a evoluir e a superar-me. 

 

Como está o surf atualmente?

Vejo com grande entusiasmo o aumento de praticantes no surf. Principalmente no desporto escolar que tem cada vez mais jovens que escolhem esta modalidade.

 

Quem é a tua grande inspiração nacional e internacional?

A nível nacional a Carol Henrique e a nível internacional a Tatiana Weston-Webb. 

 

Mensagem a deixar?

Para os que ainda não encontraram um desporto, experimentem o surf. Quero agradecer à professora Cláudia Domingos que me impulsionou para o desporto, à minha mãe e ao meu padrasto que me deram a oportunidade de surfar com o Surf Clube de Viana, aos meus treinadores, à minha família e aos meus amigos por apoiarem o meu percurso. 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top