Desempenho avassalador de Vasco Ribeiro este fim de semana na Praia Grande. Desempenho avassalador de Vasco Ribeiro este fim de semana na Praia Grande. Foto: Luís Niza/ANS

Itens relacionados

segunda, 17 julho 2017 15:37

“Momentum” e o fim de semana perfeito de Vasco Ribeiro

Surfista de São João do Estoril parece estar imbatível… 

 

Momentum” é uma expressão que se emprega com regularidade no surf e que serve para demonstrar, enfim, para reforçar, o bom momento de forma ou o período de feição que um determinado surfista/atleta atravessa. 

 

Vasco Ribeiro, que venceu ontem o Allianz Sintra Pro, a quarta etapa da Liga Nacional de Surf e ficou assim mais próximo de conquistar o seu quarto título nacional, é um bom exemplo do que acabámos de descrever.

 

O “momentum” de Vasco é simplesmente fantástico. Numa campanha mundial onde, esta época, já conseguiu um segundo e terceiro lugares, no Caparica Pro e no Pro Zarautz, respetivamente, ele conseguiu há pouco mais de uma semana um fantástico 5.º lugar no Ballito Pro, etapa Prime (QS10000), resultado que o fez galgar até ao 13.º lugar no ranking da Qualifying Series. 

 

Como se isso não bastasse, no merecido descanso caseiro até rumar para o próximo desafio do calendário internacional, o “momentum” de Vasquinho voltou a dar sinal. Foi este fim de semana, na Praia Grande, durante mais uma etapa da Liga Nacional, que o português assinalou um dos melhores dias da sua carreira. 

 

Ribeiro quase pareceu imbatível, foi estelar mesmo. Ele registou as notas e os scores mais altos da etapa (N.A.: 18.70 pontos em 20 possíveis, no Round 1, foi o mais alto). Total respeito aos seus adversários, incluindo Francisco Alves, Pedro Henrique e Miguel Blanco, que este domingo deram a réplica que era esperada nos derradeiros match ups nas fases man-on-man, entre os quartos e a final, mas que acabaram por ser derrotados de forma quase fulminante. 

 

Vasquinho meteu mais o rail e aplicou mais pressão, por vezes foi mais calmo e sereno, foi definitivamente mais fluido, veloz, e, por conseguinte, também explorou mais os céus da Praia Grande. 

 

"Em termos de resultados e pontuações, é capaz de ter sido dos meus melhores campeonatos de sempre,” confidenciou durante a cerimónia final. E foi mesmo. Vasco Ribeiro não só venceu a etapa, a segunda na Liga esta temporada, como passou para a liderança do ranking nacional - remetendo Tiago Pires, que era o líder até então, para o quarto lugar da tabela. 

 

Foi um feito que nem sempre se consegue e um dia em cheio para Vasco Ribeiro que ainda teve tempo e energia para somar mais duas conquistas em troféus paralelos: o de melhor onda do evento e a Allianz Triple Crown. Domingo de sonho na Praia Grande, escutou-se amiúde por todo o areal. 

 

A uma etapa do término, Vasco Ribeiro conta com uma concorrência feroz e muito competente, mas a verdade é que está muito próximo de arrecadar a sua quarta vitória na Liga… mas também de conseguir um feito histórico que é o de se juntar a Frederico Morais no World Tour, a primeira divisão do surf mundial (que hoje passou mais um heat no Corona Open J-Bay). 

 

Da nossa parte, fazemos figas e batemos na madeira para que tudo corra da melhor forma. Quanto ao Vasco, resta-nos apenas pedir que… bem, simplesmente que perpetue o “momentum”. 

 

- Antes de um heat em Sintra, com o seu surf coach, Zé Seabra. Foto: Luís Niza/ANS

Perfil em destaque

Scroll To Top