Nova vitória em Ballito coloca Vasco Ribeiro nos quartos de final. Nova vitória em Ballito coloca Vasco Ribeiro nos quartos de final. Foto: Poullenot/WSL

Itens relacionados

sexta, 07 julho 2017 11:48

Vasco Ribeiro afasta Nat Young e avança para os 1/4 de final do Ballito Pro

Mais um grande desempenho do atleta português no QS10000 sul-africano... 

 

O heat do Round 5 que envolveu Vasco Ribeiro e Nat Young não se adivinhava fácil, nada fácil. E não foi. O norte-americano colocou em jogo a pressão e a experiência que lhe é reconhecida e dificultou a vida do português no Ballito Pro presented by Billabong. 

 

Ainda assim foi Vasquinho quem começou melhor ao conseguir uma nota de 7.67 pontos onde desferiu um carve fantástico (que soltou muita água para o ar) seguido de um ataque à junção muito seguro e competente. Essa foi, seguramente, a onda que fez a diferença na bateria. 

 

Minutos mais tarde, Young juntou um 6.50 ao 5.17 pontos que havia conseguido na primeira onda e deixou o surfista português a correr atrás do prejuízo. É que, apesar de ter a nota mais alta do heat, o backup de Ribeiro era muito baixo, apenas de 2.83 pontos, insuficiente para dar a qualificação e a passagem à fase seguinte. 

 

Vasco não baixou os braços e, após uma onda inicial de 3.50, eis que minutos mais tarde consegue registar 5.77 pontos no painel de juízes e assim passar para a liderança do heat. Nat Young passou a precisar de 6.95 pontos para reconquistar o primeiro lugar no heat, algo que nunca conseguiu fazer no tempo disponível. 

 

 

Um facto importante que interessa revelar é que, face a ter partido a sua prancha numa sessão de free surf matinal, Vasco Ribeiro viu-se obrigado a surfar esta bateria com uma prancha emprestada do amigo marroquino Ramzi Boukhiam. Mesmo assim, mesmo não estando a 100% uma vez que foi a primeira vez que usou aquela prancha, Vasco venceu e convenceu na Willard Beach de Ballito. Simplesmente incrível! 

 

Na carreira, esta é a segunda vez que o atleta chega aos quartos de final de um evento Prime (QS10000). Garantidos estão já um quinto lugar e 5200 preciosos pontos para o ranking WQS que poderão fazer com que, após o evento, Vasco Ribeiro suba de 38.º lugar, posição que ocupa no momento, para lugares mais perto do top 10, entre o 20.º e o 15.º lugares. A ver vamos. 

 

Nos quartos de final desta que é a 31.ª etapa da World Qualifying Series, cujo término é no domingo, Vasco Ribeiro compete no Heat 4 frente ao brasileiro Willian Cardoso. As restantes baterias estão assim preenchidas: 

 

H1: Michael February vs. Jessé Mendes

H2: Jordy Smith vs. Miguel Pupo

H3: Wade Carmichael vs. Mikey Wright

 

Continua a acompanha a ação, em direto, aqui

 

Perfil em destaque

Scroll To Top