Uma vez mais, bem convincente, Kikas a avançar na competição norte-americana. Uma vez mais, bem convincente, Kikas a avançar na competição norte-americana. Foto: WSL/Rowland

Itens relacionados

sexta, 04 agosto 2017 10:07

US Open of Surfing: Ronda 4 à vista para Frederico Morais

 

Português da elite mundial volta a convencer nas águas de Huntington Beach… 

 

Terminou há instantes o Heat 11 do Round 3 do Vans US Open of Surfing que opôs Frederico Morais ao brasileiro Jessé Mendes, líder da Qualifying Series neste momento, e aos norte-americanos Soli Bailey e Pat Gudauskas.

 

A prova é a 36.ª etapa da World Qualifying Series e a 6.ª da World Championship Tour feminina, tem lugar em Huntington Beach, Califórnia, Estados Unidos, até 6 de agosto. É também o segundo evento de categoria QS10000 da presente temporada pelo que junta os melhores surfistas à face da Terra. 

 

Depois das eliminações de Vasco Ribeiro e Pedro Henrique, as atenções têm-se vindo a centrar em Frederico Morais, o único elemento luso ainda presente na competição masculina. E Frederico, mais uma vez, esteve à altura do desafio e avançou para o Round 4 em segundo lugar na bateria. 

 

É bom que se comece por referir que o heat foi disputado numa fase da maré muito cheia, com ondas escassas, bem gordas e de pouco potencial, que aparecia após a transição do outside para o inside e por vezes apenas no shore-break. 

 

Dito isto, Frederico Morais foi o mais forte na primeira troca de ondas, conseguindo 5.93 pontos que veio a ser o seu backup score. Minutos depois, Pat Gudaskaus, um dos favoritos locais, juntou uma nota de 7.00 pontos à sua primeira onda, 5.17, e passou para a frente do heat destacado.  

 

Cerca de 10 minutos passaram para que Jesse Mendes e Soli Bailey fizessem as suas primeiras ondas, 4.67 e 3.73 pontos, respetivamente. Mais tarde, Kikas compôs o score numa direita onde desferiu várias manobras de frontside. Recebeu 6.60 pontos dos juízes, passou para a frente e deixou Gudauskas à procura de uma nota de 5.53 pts… que este consegue alcançar pela margem mínima (5.80 pts), a 6 minutos do final, passando novamente para primeiro lugar. 

 

A precisar de 6.21 pontos e com a terceira prioridade, o surfista português teve que ser paciente no outside, mas a verdade é que até soar a buzinadela final não encontrou mais nenhuma onda com potencial para trabalhar essa nota. Ainda assim, Kikas volta a qualificar-se à fase seguinte, Round 4 (ronda de 24 atletas), onde irá competir no Heat 8. 

 

O evento tem ainda mais uma presença lusa, a de Teresa Bonvalot, que se encontra no Pro Junior feminino e irá competir já de seguida. A surfista de Cascais vai no Heat 2 com a costa-riquenha Emily Gussoni e as norte-americanas Nicole Fulford e Tiare Thompson. 

 

Continua a acompanhar AQUI

 

Perfil em destaque

  • Constância Simões Constância Simões

    Esta semana fomos até à ponta sul do país, ao Algarve, falar com uma nova promessa do surf feminino… 

Scroll To Top