Nuno Vitorino em ação. Nuno Vitorino em ação. Foto: FPS

Itens relacionados

sexta, 01 dezembro 2017 14:04

Portugal estreia-se no mundial de surf adaptado

Competição arrancou esta quinta-feira, na Califórnia, com mais de 100 participantes…

 

A seleção nacional já luta pelo pódio no ISA World Adaptive Surfing Championship, na praia La Jolla, na Califórnia. Nuno Vitorino mediu forças com os seus adversários num primeiro dia marcado por algumas dificuldades, terminando o primeiro heat na quarta posição da bateria. Uma estreia positiva para Portugal que, pela primeira vez, tem um atleta a competir num mundial de surf adaptado.

 

A competição para Nuno Vitorino arrancou pelas 9h00 locais, 17h00 em Portugal. O atleta estreou-se nas águas californianas no primeiro heat com o brasileiro Davi Teixeira, que liderou a prova, Cedrick Montagney, da França, e com o croata Mathias V. Luna. Nuno Vitorino terminou na quarta posição da bateria.

 

Segundo Nuno Vitorino, este primeiro desafio foi ultrapassado com sucesso. “A minha bateria correu muito bem e consegui fazer cinco ondas com algum potencial”, refere o português, confessando que as condições do mar não eram as desejáveis. 

 

“Foi uma bateria desafiante com ondas a fechar, o que criou algumas dificuldades a todos os atletas. Mas ainda é cedo, este foi apenas o primeiro dia e ainda temos muita competição pela frente. O Nuno está em boa forma e muito confiante num bom resultado”, refere João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf (FPS).

 

No total, encontram-se 109 atletas de 26 países em competição, num campeonato que bateu recordes de participação.

 

Hoje prova retoma às 7h00 locais, 15h00 em Portugal, e o português entra em ação no heat 3.

 

Acompanha em direto AQUI

Perfil em destaque

  • Constância Simões Constância Simões

    Esta semana fomos até à ponta sul do país, ao Algarve, falar com uma nova promessa do surf feminino… 

Scroll To Top