Diogo Gonçalves, o novo campeão nacional de longboard open. Diogo Gonçalves, o novo campeão nacional de longboard open. Foto: Arquivo Pessoal

Itens relacionados

segunda, 25 setembro 2017 15:03

Diogo Gonçalves é o novo campeão nacional de Longboard

4.ª etapa decorreu no domingo na Praia de São Torpes… 

 

Decorreu ontem, em São Torpes, a 4.ª etapa do Circuito Nacional de Longboard que esteve inicialmente prevista para ser realizada em Faro. Consoante a disponibilidade do calendário competitivo, o Clube de Surf de Faro vai agora tentar uma nova data ainda em 2017. 

 

A Praia de São Torpes, mais especificamente o Pico Loco, vestiu-se assim de gala para receber alguns dos melhores longboarders nacionais, entre os quais os candidatos ao título de campeão nacional de 2017, Diogo Gonçalves e João Dantas (que à partida para a etapa era o bicampeão nacional em título).

 

Logo pela manhã, as ondas apresentavam um metro e encontravam-se perfeitas com direitas e esquerdas a rolar.

 

Devido à falta de comparência de alguns atletas, foi necessário fazer um compasso de espera para que uma nova grelha competitiva fosse executada. Pouco depois, com esta já disponível, passou-se à ação com os 1/4 de final a entrarem na água.

 

Os suspeitos do costume passaram para a fase seguinte, embora seja de salientar a eliminação de Kat Barrigão (a atleta feminina que compete sempre junto com os homens e tem vindo a evoluir cada vez mais) e a passagem do jovem açoriano Nicolau Filipe.

 

As meias-finais continuaram com nível elevado e várias notas a saírem na casa dos 8 e 9 pontos, sendo que a novidade nesta fase foi a eliminação de João Gama, jovem promessa do longboard nacional, aos pés de Nicolau Filipe que, pela primeira vez, chegava à final Open e à final Sub-18.

 

 

As perspectivas eram boas para os jovens sub-18, apresentando um longboard bem definido e manobras de qualidade. Destaque para Kiko Mittermeyer (8.75 + 7.00) que carimbou a presença para a final Sub-18. Final essa que foi disputada a um elevado nível de longboard pelos “young guns" António Dantas, Kiko Mittermeyer, Lucian Prodan e Nicolau Filipe. 

 

A vitória acabou por ficar com o longboarder açoriano, mas os restantes finalistas estão de parabéns. Nicolau Filipe foi primeiro do pódio com Kiko Mittermeyer em 2.º, Lucian Prodan em 3.º e António Dantas em 4.º lugar.

 

Na final Open, os dois candidatos ao título da campeão nacional, prometeram muita luta e dentro de água, já com as ondas a rondarem os 2 metros, João Dantas começou melhor  derradeira bateria ao conseguir uma onda perfeita e até um “claim”! Recebeu de volta a melhor nota do campeonato (9.75 pontos), deixando Diogo Gonçalves a precisar de mostrar bom surf para conseguir dar a volta e alcançar a vitória. O atleta do Surfing Clube de Portugal assim o fez. Registou duas ondas na casa dos 7 pontos e acabou por selar a vitória no evento e ainda celebrar o almejado título de campeão nacional 2017.

 

João Dantas foi segundo classificado, Eduardo Ribeiro terceiro e, em 4.º lugar, ficou Nicolau Filipe.

 

Parabéns a todos os intervenientes, em principal a Diogo Gonçalves que se sagrou Campeão Nacional da presente temporada e que junto a João Dantas e João Gama, todos sob supervisão do treinador João Ferreira, têm vindo a surfar muito com vista a uma boa preparação para os eventos europeus e mundiais da WSL.

 

--

Texto gentilmente cedido por Paulo “Palex” Ferreira. 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top