Os lagos de Titã Os lagos de Titã NASA

Itens relacionados

terça, 18 março 2014 17:53

NASA DESCOBRE ONDAS EM TITÃ, LUA DE SATURNO

Descoberta foi revelada numa conferência no Texas. Pena só terem 2 centímetros!

 

Depois de anos de investigação, a NASA encontrou sinais da existência de ondas nos mares em Titã, lua de Saturno. A notícia avançada pelo site Nature revela que, graças à sonda Cassini, a NASA já tinha descoberto entre 2005 e 2007, a existência de ocenos. Agora, entre 2012 e 2013, a mesma sonda encontrou "novo detalhes a partir de pequenos reflexos provenientes do Purga Mare, um dos mares de hidrocarboneto existentes nessa lua".

 

Ora esses reflexos, diz a mesma fonte, resultam de "pequenas ondulações pouco maiores que dois centímetros de altura". De acordo com o site, esta é uma grande descoberta, pois o que se acreditava é que estes oceanos de Titã não tinham qualquer tipo de atividade.

 

O site avança ainda que a conclusão foi apresentada ontem pelo astrónomo Jason Barnes, da Univerdade de Idaho, em Moscovo, na conferência Lunar and Planetary Science Conference, no Texas. O especialista disse ainda que pode haver mais ondas noutros mares de Titã.

 

Os investigadores esperam encontrá-las nos próximos anos, lê-se ainda no site. "A oceanografia já não é apenas uma ciência do planeta Terra", disse Ralph Lorenz, cientista planetário do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, em Laurel, Maryland.

 

Titã (ou o chamado Saturno VI) é o maior satélite natural de Saturno e o segundo maior de todo o sistema solar tendo quase uma vez e meia o tamanho da Lua. É o único satélite natural conhecido por ter uma densa atmosfera, sendo até mais densa que a da terra. Frequentemente descrito como uma lua-planeta, Titã tem um diâmetro cerca de 50% maior que a Lua terrestre e é 80% mais massiva.