Itens relacionados

terça, 17 setembro 2013 05:43

EUROSURF NOS AÇORES, TERMINOU O 2º DIA

Portugueses perdem os primeiros atletas

 Portugal perde longboarders no Eurosurf 2013 mas continua na corrida ao título Num segundo dia de competição no Eurosurf dos Açores (Praia de Santa Bárbara, S. Miguel, até dia 22) em que toda a gente foi à água, a Selecção Nacional conheceu as primeiras baixas, com a eliminação dos dois longboarders portugueses, Ruben Silva e Luís Esteves, ambos na quarta ronda de repescagem, a três heats da grande final, mas com alguma controvérsia à mistura, nomeadamente, no caso de Luís Esteves que terá sido prejudicado por uma interferência de remada não assinalada a um adversário.

"É inadmissível que depois da Federação Europeia ter insistido tanto na questão da 'technical paddle interference' tenha sido um português a sofrer por não ter sido assinalada uma nítida infracção deste tipo", reclamou João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

Além dos dois longboarders, Portugal não perdeu mais elementos, mas viu as surfistas Maria Abecasis e Ana Sarmento irem parar às repescagens – tendo agora que disputar o mesmo heat na terceira ronda do percurso de repescagem em direcção à final –, tal como Catarina Sousa, em bodyboard feminino. Catarina foi quarta na final de qualificação, forçada agora a disputar duas rondas de repescagem se quiser estar na final das medalhas e tentar revalidar o seu título europeu e dar preciosos pontos à Selecção.

Ainda no bodyboard, mas em open, sortes diferentes para Hugo Pinheiro e Manuel Centeno: Hugo ganhou as suas duas baterias do dia e está já na final de qualificação com hipóteses de apuramento directo à final das medalhas, enquanto Centeno tropeçou na segunda ronda de qualificação, batido pelo espanhol Guillermo Cobo e pelo francês Martin Mouradian, mas recuperou o ânimo, vencendo a terceira ronda de repescagem e mantendo-se na corrida para a revalidação do título europeu individual.

 No surf open, Portugal mais uma vez em alta rotação, com Marlon Lipke, José Ferreira, João Guedes e Filipe Jervis a passarem todos os seus heats da segunda ronda de qualificação, com Ferreira e Guedes a passarem em primeiro.

Ruben Gonzalez continua a passear classe no surf sénior (surgistas com mais de 28 anos) vencendo a sua bateria segunda ronda. Rodrigo Herédia estreou-se nesta competição vencendo a bateria da primeira ronda de surf master (surfistas com mais de 35 anos). No resumo do dia, João Aranha lamentou "a falta de qualidade do julgamento" que terá prejudicado a Selecção Nacional, mormente Luís Esteves e Filipe Jervis:

"Lamento alguma falta de qualidade no julgamento, nomeadamente na sub-avaliação de algumas notas e na incapacidade de assinalar algumas interferências. Num caso, Isso prejudicou a prestação do Filipe Jervis, que podia ter ganho a bateria, e, no outro, contribuiu decisivamente para
a eliminação do Luís Esteves."

Nada, ainda assim, que comprometa as aspirações nacionais à revalidação do título, reconhece o líder federativo: "Felizmente, graças à qualidade e extraordinária motivação destes atletas, estamos ainda na corrida e os nossos objectivos permanecem intactos. E assim esperamos continuar até ao fim."


Perfil em destaque

Scroll To Top