Francisco Pinto a fazer os tubos com que sempre tinha sonhado Francisco Pinto a fazer os tubos com que sempre tinha sonhado

Itens relacionados

  • Francisco Pinto
    Diretamente do Magoito para o Perfil da Semana na Surftotal…
terça, 02 outubro 2018 18:07

A HISTÓRIA DE FRANCISCO PINTO EM JAVA

A nossa primeira surftrip a sério é um momento marcante, o nosso imaginário cruza-se como nunca com o mundo real e a magia acontece.

Esta foi a primeira viagem de grande curso para o grom Português Francisco Pinto, que juntamente com a sua familia se aventurou nos secret spots de Java na Indonésia. Esta é a história contada pelo próprio na entrevista e vídeo que se seguem:

 

Surftotal: Qual o enquadramento desta viagem?

Francisco Pinto:Nem eu, os meus pais e o meu irmão tínhamos feito uma surftrip e decidimos tentar a nossa sorte na terra das ondas de sonho…Esta viagem foi a minha primeira surftrip a sério, como fui com a minha familia acabamos por ter que conciliar o surf com um sitio que estivéssemos juntos, esta levou-nos a encontrar uma baia paraísidiaca de areia branca e altas ondas . Apesar de termos demorado 30 horas a lá chegar…

 

Porque razão a escolha deste local?Sabendo que não são as ondas mais perfeitas e compridas que existem na indonésia?

FUGIR AO CROWD, mesmo em Portugal tento sempre evitar praias com muitas pessoas e sabendo que era uma onda do tipo que mais gosto de surfar, slabs, quando me mostraram um video da onda fiquei imediatamente apaixonado!!!

A onda para a direita e a onda para esquerda podemos considerar dois slabs? São muito diferentes?
Na minha opinião tanto a esquerda como a direita são dois autênticos slabs, são as duas diferentes e nada fáceis. A esquerda é provavelmente a onda mais assustadora que ja surfei, a onda é muito rasa e muito pouco previsível, a direita não é tao rasa como a esquerda no inicio da onda mas desde o momento do tubo ate ao fim da onda, vai sugando cada vez mais agua ate ao inside, esta direita foi sem sombra de duvida a melhor onda que já surfei!

 

Da viagem e do local três coisas que te marcaram mais?

Sem qualquer duvida o que me marcou mais foi ter chegado á praia e me ter apercebido que estava prestes a realizar um sonho de criança.
O cenário do sitio e o power desta onda .
A capacidade dos indonésios viverem com tão pouco e terem em qualquer ocasião um sorriso na cara e boa disposição

Qual a maior peripécia da viagem?
Tive um episodio menos bom que aconteceu noutra praia de fundo de areia, em que tinha acabado de apanhar uma onda, e estava a voltar para o outside, veio uma onda em que estava a umas remadas de levar com o lip, estavam 2 metros de mare vazia, decidi mergulhar por baixo da onda, a onda agarrou me, virou me de cabeça para baixo e acabei por bater com a cabeça no fundo, sinto a minha espinha a estalar no momento exato em que bato com a cabeça, e penso para mim “estou paraplégico”, claro que isto se passou tudo em frações de segundo, mal bati com a cabeça comecei a desmaiar de baixo de agua, não cheguei a desmaiar e consegui chegar á superfície, tinha o pescoço e os ombros completamente “bloqueados”, fiz um gesto a meu pai para pedir ajuda, de inicio ele não estava a perceber porque eu não conseguia levantar os braços a cima dos ombros, fui me arrastando para a beira de agua, quando lá cheguei tinha o meu pai e um homem espanhol que conheci lá chamado Eduardo Noris, que era nadador salvador e me ajudou a ir para a toalha, depois de ter descansado e ainda sem conseguir mexer o pescoço e os ombros fizemos uma caminhada pela selva de 30 minutos pela selva, depois da caminhada o dono do resort onde estava apanhou me de carro e levou me a uma clinica a 10 minutos do resort, em que cheguei la e fiquei apavorado porque para alem de so estarem la duas raparigas no maximo com 15 anos perdi a visao periférica do olho direito, quando expliquei que não estava a ver bem do olho direito deram me oxigênio e encaminharam me para o hospital que fica a uma hora de distancia, no hospital acabei por fazer um raio x e felizmente não parti ou desloquei nada apenas foi uma contratura muscular.

Algo mais a dizer?
Gostava de não mencionar o local exato desta onda, pois foi-me apresentada como um secret, talvez dizer Java. obrigado


Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top