banner topf
Miguel Barata de Almeida segura com orgulho o troféu da vitória Miguel Barata de Almeida segura com orgulho o troféu da vitória

Itens relacionados

quarta, 11 setembro 2019 02:19

DUAS PERGUNTAS AO CLUBE VENCEDOR DA TAÇA DE PORTUGAL DE SURFING 2019

Miguel Barata de Almeida responde...

O Ericeira Surf Clube (ESC) sagrou-se este Domingo dia 08 de Setembro, Bi-Campeão Absoluto da Taça de Portugal de Surfing, que terminou na praia da Foz do Lizandro. Esta edição de 2019, foi marcada por uma participação recorde de Clubes (23) e atletas (350 inscritos) vindos de Norte a Sul do país.

Um evento por demais importante na realidade do Surf Português. A Surftotal quis perceber junto do Clube Vencedor o que é que esta vitória representa e que mais valias daí advém. Efectuamos apenas duas questões simples ao seu Presidente, Miguel Barata de Almeida.

 

ENTREVISTA COM MIGUEL BARATA DE ALMEIDA DO ERICEIRA SURF CLUBE APÓS A VITÓRIA NA TAÇA DE PORTUGAL DE SURFING 2019:

 


Surftotal: O que vai representar esta vitória para o Ericeira Surf Clube seus associados e atletas?

Miguel Barata de Almeida: É por demais evidente que sermos Bi-Campeões da Taça de Portugal de Surfing é o culminar não só de 2 anos na organização do evento, da afirmação definitiva do Ericeira Surf Clube como uma das referências a nível de clubes, como também o envolver de Atletas, Treinadores e Famílias e lutarmos por um objectivo comum.

Se já éramos um excelente exemplo para muitos, somos agora ainda mais. Por mais individualista que o Surf seja, o surfista vive em comunidade. E é nessa comunidade que o nosso Clube se insere e desenvolve diariamente o seu trabalho. Quem acreditaria que conseguiríamos ter nas 2 equipas presentes em 2018 e 2019 alguns dos melhores surfistas e bodyboarders nacionais da actualidade? E que eles fizeram questão de estarem presentes sem qualquer obrigação?

 

Surftotal: Haverá mais valias financeiras por exemplo provenientes desta vitória?


Miguel Barata de Almeida: Se em termos desportivos e sociais estes títulos significam muito para o Clube e para os seus Atletas, em termos financeiros se os Atletas conseguirem mais apoios será excelente. Merecem-no por todo o seu trabalho e empenho. O Clube até poderá ter mais-valias financeiras futuras quando se apresenta com estes títulos e procura apoios financeiros, mas não existe qualquer prémio pelas vitórias. Em tempos, a Federação Portuguesa de Surf atribuía prémios monetários aos Clubes no final da Taça de Portugal. Hoje em dia apenas paga o painel de Juízes, cobrando para si as inscrições de todos os Clubes (inclusive ao Clube organizador), ficando as despesas do clube organizador o alojamento e alimentação dos juízes ao longo da prova.

Não fora o apoio da Câmara Municipal de Mafra, de algumas empresas e amigos que acreditam no nosso trabalho, nada disto teria sido possível. A eles o nosso muito reconhecido obrigado.

 

Miguel celebra junto com os atletas a histórica vitória na Taça de Portugal de Surfing 2019 !

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top