Frederico Morais a entrar para a água em Espinho. Click por Tó Mané Frederico Morais a entrar para a água em Espinho. Click por Tó Mané

Itens relacionados

sábado, 28 março 2020 13:43

FREDERICO MORAIS FALA EM EXCLUSIVO À SURFTOTAL

"Tenho dedicado a maior parte do meu tempo a ver filmagens e a editar um novo clip que vou lançar nos próximos dias."

 

 


Frederico Morais atleta Português de elite da World Surf League e Campeão Mundial 2019 do Circuito Mundial de Qualificação é o primeiro surfista a disputar uma vaga Olímpica na representação da nossa Nação.

Morais entrou no Campeonato do Mundo de elite em 2017 tendo causado um forte impacto durante sua 1ª temporada, com um 5º lugar em Bells Beach e um 2º lugar em Jeffreys Bay, que o levou ao 14º lugar na tabela de classificação do Jeep Leader Board esse ano. No entanto, depois de sair do CT em 2018, Morais recuperou imediatamente vencendo dois eventos do Circuito QS em Portugal iniciando assim uma caminhada gloriosa tendo vencido o Circuito Mundial QS de 2019 e requalificando-se com facilidade para o Circuito de Elite.

Frederico Morais é mesmo considerado por muitos como o mais icónico surfista Português de todos os tempos e no qual os Portugueses depositam a sua inteira confiança e apoio na busca de mais e melhores resultados Internacionais.

 

Entrevista Frederico Morais durante o estado de emergência em Portugal devido ao Covid 19:

 

 

 

Frederico Morais ataca o lip e solta o tail desenhando um momento de perfeição e harmonia com a onda -  Click por Tó Mané

 

 

"Acima de tudo tento manter-me activo, dentro do meu peso ideal

a tentar não perder muito os meus níveis de força e saudável mentalmente."

 

 

 

 

Surftotal: Como tem sido para ti estares privado de surfar?

Frederico Morais: Não tem sido fácil mas faz parte e é uma situação do mais delicado que pode existir por isso a colaboração de todos é essencial.
Tenho focado mais no trabalho em casa uma vez que neste momento as praias estão interditas, o trabalho físico é muito importante.
O meu preparador físico manteve exercícios que eu já estou minimamente familiarizado mas tenho dado ênfase na fase excêntrica e isométrica dos exercícios para me obrigar a fazer mais força, dado que não tenho muita carga para acrescentar.
Temos usado exercícios mais complexos que combinem as pernas com a parte superior para que seja obrigado a usar constantemente os abdominais, sobretudo para transferir força algo que tenho de fazer muito quando estou a surfar.
Os exercícios vão evoluindo à medida que me adapto a eles, vamos aproveitando para também melhorar a força e estabilidade de algumas estruturas por onde aplico força quando surfo com os pés por exemplo.
Tenho uma rotina de flexibilidade que faço todos os dias.
Acima de tudo tento manter-me ativo, dentro do meu peso ideal a tentar não perder muito os meus níveis de força e saudável mentalmente.

 

 

 

Frederico numas das suas ultimas sessões de free surf em águas Portuguesas - Click por Tó Mané

 

 

"Tenho focado mais no trabalho em casa uma vez que neste momento as praias estão interditas,

o trabalho físico é muito importante."

 

 

 

Surftotal:Como tens ocupado o teu tempo?

Frederico Morais: Tenho dedicado a maior parte do meu tempo a ver filmagens e a editar um novo clip que vou lançar nos próximos dias. Por vezes entre viagens e campeonatos não é uma prioridade fazer este tipo de clips mas agora sabe bem também dedicar um bocado de tempo e mostrar o que estive a fazer no mes de Fevereiro em Portugal enquanto fazia a minha pré-época para este ano.
Fora isso tenho aproveitado para ver alguns filmes e séries e ainda melhor estar com família.


 

Frederico Morais venceu em 2019 o QS 10,000 Hawaian Pro e requalificou-se para o circuito mundial de elite em 2020 - Click por WSL / Keoki

 

 

 

 

"mas sendo honesto, este ano em especial sentia-me muito bem

fisicamente e psicologicamente para começar o Tour."

 

 

 

Surftotal:O que significa para ti estares longe da competição e que impacto é que este afastamento forçado terá neste teu ano competitivo?

Frederico Morais: Estava a trabalhar muito para todas as etapas deste ano, procuro ser consistente ao longo de todo o ano.
O trabalho estava a ser feito nesse sentido como fazemos todos os anos mas sendo honesto este ano em especial sentia-me muito bem fisicamente e psicologicamente para começar o Tour.
Comecei bastante bem com um terceiro lugar numa etapa do circuito de qualificação em Marrocos mas a verdade é que estava ansioso para o início do World Tour em Março e para o desenrolar dos Jogos Olímpicos.
Vou encarar isto como um prolongamento da minha pré-época e ter a certeza que contínuo focado nos meus objectivos enquanto todos juntos tentamos ultrapassar esta pandemia da melhor forma.
Não vou conseguir treinar como queria dentro de água devido às restrições mas aproveito para ver filmagens das minhas ondas durante a pré-época e tentar perceber onde posso melhorar tecnicamente sem nunca esquecer o trabalho fisico.

 

 

 Frederico Morais desafia-se a si próprio a atingir os mais elevados patamares do surf mundial - Click por Tó Mané

 

 

 

"Acho que uma mensagem importante, quer seja nesta altura como noutra qualquer,

é aprendermos a ver o lado positivo."

 

 

 

Surftotal:Queres deixar uma mensagem para os leitores da Surftotal?

Frederico Morais: Acho que uma mensagem importante, quer seja nesta altura como noutra qualquer, é aprendermos a ver o lado positivo. Temos que aceitar algumas situações que não controlamos por isso é mais proveitoso vermos o lado positivo do que tentarmos mudar o que não conseguirmos. Aceitarmos que agora temos que estar recolhidos, protegendo-nos a nós mas mais importante ainda podendo proteger muitos outros deve ser a  nossa preocupação real.  Temos que gastar energias, mantermos-nos saudáveis fisicamente e psicologicamente, através de exercício  fisico em casa, realização de tarefas, o que for, o importante é que nos sintamos activos e produtivos.
Perceber que todos juntos somos mais fortes do que sozinhos seja para vencer esta pandemia, seja em qualquer outra coisa na vida.
Temos de dar valor às mais pequenas coisas, num dia comum são insignificantes mas quando nos são tiradas percebemos a importância delas.

 

 

 

 

"Temos de dar valor às mais pequenas coisas, num dia comum são insignificantes

mas quando nos são tiradas percebemos a importância delas."

  • Créditos fotos: Tó Mané e WSL

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top