Teresa Bonvalot continua a ser a melhor portuguesa no ranking do QS. Teresa Bonvalot continua a ser a melhor portuguesa no ranking do QS. Foto: WSL/Damien Poullenot

Itens relacionados

quinta, 02 agosto 2018 08:57

Atletas portuguesas caem no ranking do QS

Teresa, Camilla e Carol não seguram posições... 

 

Depois do Paul Mitchell Supergirl Pro (QS6,000) em Oceanside, na Califórnia, que contou com uma vitória bem convincente de Carissa Moore, as contas do ranking do circuito mundial de qualificação feminino sofreram nova atualização. 

 

Por um lado, a jovem sensação Caroline Marks manteve a liderança da tabela ao terminar em segundo lugar, assegurando agora um pouco mais de 20 mil pontos. A havaiana Coco Ho, que ficou em terceiro, subiu três lugares e é agora a nova Top 2 do WQS. 

 

Malia Manuel (Havai) e Brisa Hennessy (Costa Rica) também estão entre as atletas que mais subiram no ranking. A primeira galgou sete posições e está agora em quinto lugar, enquanto a segunda subiu três lugares e encontra-se no 7.º posto. 

 

Com duas etapas de graduação QS6,000 por realizar até ao final da temporada (Pantin Classic Galicia Pro e Port Stephens Toyota Pro), que são as mais valiosas e importantes na parte final da temporada, o Top 10 começa a ficar mais definido e as hipótese de nele entrar cada vez mais escassas. 

 

Relativamente às gladiadoras lusas, esta atualização do ranking não revelou na verdade boas novidades. Teresa Bonvalot, que era a melhor surfista lusa no ranking, ocupando o 14.º lugar à partida para o campeonato norte-americano, baixou uma posição (15.º) após o 25.º lugar registado em Oceanside. Vale realçar que Bonvalot já ocupou esta temporada o 10.º posto do ranking. 

 

Já Camilla Kemp, que se sagrou ontem campeã nacional pela primeira vez na carreira, aos 22 anos, encontra-se agora em 53.º lugar no ranking (baixou três lugares). Por seu turno, Carol Henrique desceu cinco posições e passou a ocupar o 59.º lugar da tabela mundial. 

 

O Pantin Classic Galicia Pro, que é a etapa 36 e tem lugar a partir de 27 de agosto, em Pantín, na Corunha, é o próximo desafio para as surfistas portuguesas. 

Perfil em destaque

Scroll To Top