O primeiro treino da Seleção Nacional no Japão já foi feito. O primeiro treino da Seleção Nacional no Japão já foi feito. Foto: David Raimundo

Itens relacionados

sexta, 14 setembro 2018 14:17

Preparação olímpica começa amanhã no Japão

Campeonato do mundo de surf tem lugar entre 15 e 22 de setembro… 

 

“Já estamos no Japão para disputarmos o primeiro campeonato do mundo de surf a contar para a preparação olímpica!”, pode ler-se na página do Facebook da Federação Portuguesa de Surf. Aliás, vale mencionar que a Seleção já chegou ao país do Sol Nascente ontem, quinta-feira, e nesse mesmo dia fez o primeiro treino oficial no local, sob as ordens do selecionador nacional David Raimundo.

 

Na edição 2018 do ISA World Surfing Games, que acontecerá em Tahara, competem 42 equipas e cerca de 200 atletas, mas desses há seis que conquistam especial interesse entre os portugueses. Tomás Fernandes, Pedro Henrique e Vasco Ribeiro, campeão nacional em título, foram os três atletas de surf open escolhidos para representarem a seleção no masculino, enquanto Carol Henrique e Camilla Kemp, as últimas campeãs nacionais de surf, respetivamente, e Teresa Bonvalot foram as nomeadas para representarem o país no feminino.

 

Na prática a ação só inicia no domingo uma vez que o dia de sábado está reservado, como é tradicional, à Parada das Nações e à Cerimónia de Abertura do evento. Uma vez que a prova serve de preparação (qualifying) para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, as equipas participantes fizeram questão em reforçar-se este ano da melhor forma. 

 

Kanoa Igarashi, por exemplo, que passou a representar o Japão recentemente, tem as expetativas em alta: “Estou muito empolgado para competir em frente aos fãs japoneses pela primeira vez num evento da ISA. Penso que se acreditarmos, o Japão poderá alcançar o ouro. Nós temos uma equipa forte. Desde miúdo que quis correr pelo Japão e, embora o Surf não seja um dos desportos de referência no país, penso que se fizermos boa figura no campeonato e conseguirmos uma medalha de ouro, podemos tornar o desporto mais popular e até incorporá-lo na cultura nipónica”. 

 

A Igarashi, na lista de atletas notáveis, juntam-se Pauline Ado (França), Sally Fitzgibbons (Austrália), Ian Gouveia (Brasil), Paige Hareb (Nova Zelândia), Bianca Buitendag (África do Sul), Gony Zubizarreta (Espanha), Sofía Mulanovich (Peru), Hiroto Ohhara (Japão), Leandro Usana (Argentina) e Billy Stairmand (Nova Zelândia), entre muitos outros. 

 

Vinte e oito anos depois o Japão volta a receber este campeonato mundial, envolto agora numa nuance muito especial, com uma perspetiva e interesse claramente Olímpico. 

 

Vale ainda sublinhar que, além do World Surfing Games (15 a 22 de setembro), ao longo das próximas semanas os portugueses vão estar envolvidos em várias competições importantes. A saber: 

 

Azores Airlines World Masters Championships (Mundial Masters WSL em S. Miguel) 18 a 23 de setembro - INFO AQUI 

EDP Billabong Pro Ericeira (WSL QS10,000 em Ribeira d’Ilhas) 24 a 30 de setembro - INFO AQUI

Siargao Cloud 9 Surfing Cup (WSL QS3,000 nas Filipinas) 28 de setembro a 4 de outubro - INFO AQUI

 

Perfil em destaque

Scroll To Top