banner topf
Mason Ho a trabalhar nas ondas de Haleiwa. Mason Ho a trabalhar nas ondas de Haleiwa. Foto: Butch Youmens

Itens relacionados

terça, 13 novembro 2018 09:57

Praia cheia no arranque do Hawaiian Pro

Prova tem lugar no North Shore até 24 de novembro… 

 

De praia cheia, o arranque do Hawaiian Pro, 63.ª etapa do circuito mundial de qualificação da WSL e o penúltimo QS10,000 da temporada, viu um swell de 1 metro marcar presença em Haleiwa. 

 

Neste primeiro dia de competição alguns surfistas havaianos encheram o olho, casos de Noa Mizuno, Kiron Jabour, Benji Brand, Elijah Gates, Finn McGill e Mason Ho, que garantiram a passagem à ronda seguinte e conseguiram bons scores, animando o público local. 

 

Porém, foi o brasileiro Victor Bernardo quem acabou por alcançar a pontuação mais alta - 15.70 pontos - e também a onda mais pontuada pelos juízes - 8.33 pontos. Outros destaques ficaram por conta de Mihimana Braye (Taiti), Jacob Willcox (Austrália), Santiago Muniz (Argentina) e Adin Masencamp (África do Sul). 

 

Com a realização integral do Round 1 (16 Heats), ficaram alinhados todos os confrontos para a segunda fase do evento, sendo também já conhecidos os adversários de Vasco Ribeiro. O português, que se encontra em 23.º lugar do ranking da Qualifying Series, vai competir com Adin Masencamp (África do Sul), Barron Mamiya (Havai) e Noe Mar McGonagle (Costa Rica). 

 

Quanto a Frederico Morais, que neste momento se encontra em 45.º lugar do ranking do WQS, a sua entrada na água só se fará sentir no Heat 2 do Round 3, mas para já só se sabe que irá competir com o brasileiro Jessé Mendes e outros dois surfistas que serão apurados da ronda anterior. 

 

Acompanha a ação, a partir das 18h, neste link

 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top