Havaiano Finn McGill esteve demolidor na última edição. Havaiano Finn McGill esteve demolidor na última edição. Foto: WSL/Matt Dunbar

Itens relacionados

segunda-feira, 03 dezembro 2018 16:47

Portugal não está presente no mundial Pro Junior

World Junior Championships chega em dezembro… 

 

World Junior Championships, o campeonato da World Surf League que junta os melhores atletas sub-20 dos vários circuitos realizados ao redor do planeta e atribui os títulos mundiais Pro Junior, já iniciou em Taiwan - tem lugar até 9 de dezembro em Jinzun Harbor. 

 

Ao contrário dos anos anteriores, a prova foi antecipada um mês e vai ser realizada neste mês de dezembro em vez de janeiro. Uma vez mais, a Ásia a apostar numa prova de surf a nível mundial

 

Com muita pena nossa, desta vez não haverá qualquer surfista português envolvido. Os melhores portugueses nos rankings europeus este ano foram Afonso Antunes e Mafalda Lopes, em 17.º e 14.º lugar, respetivamente, posições bem longe dos lugares de apuramento para esta final. 

 

No campo masculino são 36 os atletas que irão lutar pelo título em Taiwan, com as preferências a recaírem sobre Samuel Pupo (Brasil), Ethan Osborne (EUA), Rio Waida (Indonésia), Kauli Vaast (Taiti), Justin Becret (França), Callum Robson (Austrália) ou Yuji Nishi (Japão). 

 

No feminino, com uma grelha competitiva mais reduzida de 18 surfistas, os destaques ficam por conta de Anat Lelior (Israel), Sol Aguirre (Peru), Nadia Erostarbe (País Basco), Alyssa Lock (Austrália) e Kirra Pinkerton (EUA). 

 

Em 2017 a prova teve lugar na Austrália e contou com vitórias de Finn McGill (Havai) e Vahine Fierro (Taiti). A portuguesa Teresa Bonvalot foi 9.ª classificada nesse evento, mas não foi a única a ter representando Portugal neste campeonato nas últimas duas décadas. 

 

Carina Duarte, Carol Henrique, Tomás Fernandes, João Kopke, Camilla Kemp, Frederico Morais, Filipe Jervis, Miguel Blanco e David Luís são os atletas que também competiram nesta prova desde 1998. Porém, foram, sem dúvida, Tiago “Saca” Pires, Teresa Bonvalot e Vasco Ribeiro os mais bem sucedidos.

 

"Saca" participou em três edições consecutivas, de 1998 a 2000, e despediu-se como vice-campeão mundial júnior em 2000. Teresa alcançou as meias-finais (3.º lugar) em 2016. Já Vasco Ribeiro, em 2014, numa prova realizada em Ribeira d’Ilhas (Ericeira) acabou por vencer, sagrando-se campeão mundial júnior frente aos fãs portugueses, e deixou um sério aviso sobre o potencial do surf português. 

 

Campeões:  

2017- Finn McGill (HAW) - Vahine Fierro (PYF)

2016 - Ethan Ewing (AUS) - Macy Callaghan (AUS)

2015 - Lucas Silveira (BRA) - Isabella Nichols (AUS)

2014 - Vasco Ribeiro (POR) - Mahina Maeda (HAW)

2013 - Gabriel Medina (BRA) - Ella Williams (NZL)

2012 - Jack Freestone (AUS) - Nikki van Dijk (AUS)

2011-  Caio Ibelli (BRA) - Leila Hurst (HAW)

2010-  Jack Freestone (AUS) - Alizee Arnaud (FRA)

2009 - Maxime Huscenot (FRA) - Laura Enever (AUS)

2008 - Kai Barger (HAW) - Pauline Ado (FRA)

2007 - Pablo Paulino (BRA) - Sally Fitzgibbons (AUS)

2006 - Jordy Smith (ZAF) - Nicola Atherton (AUS)

2005 - Kekoa Bacalso (HAW) - Jessi Miley-Dyer (AUS)

2004 - Pablo Paulino (BRA)

2003 - Adriano De Souza (BRA)

2002 - Cancelado por não haver datas disponíveis 

2001-  Joel Parkinson (AUS)

2000 - Pedro Henrique (BRA)

1999 - Joel Parkinson (AUS)

1998 - Andy Irons (HAW)

 

Perfil em destaque

Scroll To Top