Frederico Morais superou-se a si mesmo este ano de 2019 e é já o melhor surfista Português de sempre no mundo do surf competitivo Frederico Morais superou-se a si mesmo este ano de 2019 e é já o melhor surfista Português de sempre no mundo do surf competitivo Click por Butch Youmans
segunda, 30 dezembro 2019 11:40

O SURF PORTUGUÊS NO MUNDO - OS 6 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS EM 2019

"Nobre Povo, Nação Valente e imorrtal"

O ano de 2020 está aí à porta e promete ser um ano marcante para o surf que fará a sua estreia olímpica em Tóquio em Setembro. Mas antes de recebermos o novo ano com entusiasmo pelo que aí vem, relembremos alguns acontecimentos que marcaram 2019 a nível nacional e internacional.

Foram diversos os acontecimentos que marcaram a conquista do Surf Português pelos quatros cantos do Mundo e em diversos palcos de Competição.

 

Nomes como Toni Laureano, Alex Botelho, Nic Von Rupp, Kika Veselko, Afonso Antunes, Yolanda Hopkins, Mafalda Lopes e Frederico Morais, fizeram o orgulho da Nação Lusitana.

 

*A Surftotal nomeia de seguida os 6 principais acontecimentos que mantiveram os nossos leitores bem atentos e ligados online com os resultados dos Portugueses a nível Internacional.

 

 

Conquista da vaga olímpica por Frederico Morais  

Ter um surfista português a representar a bandeira nacional na estreia olímpica do surf é mais do que uma conquista pessoal para o surfista de Cascais, é um importante marco para a história do surf português. Kikas conquistou a sua vaga durante o ISA World Surfing Games no Japão em Setembro enchendo a nossa nação de orgulho por participar num dos eventos mais importantes de 2020 e que ficarão na história do surf mundial.  

 

Mafalda Lopes sagra-se campeã europeia júnior de surf

A surfista portuguesa de 18 anos conquistou o título de campeã europeia júnior da World Surf League (WSL) em Setembro durante a última etapa do circuito Pro Júnior Europeu que decorreu em Ribeira Grande, São Miguel, Açores. A conquista de Mafalda Lopes marca a terceira vez que uma surfista portuguesa se sagra campeã europeia júnior nas últimas quatro temporadas do circuito da WSL, após Teresa Bonvalot ter conseguido o título em 2016 e 2017,comprovando a evolução do surf feminino português.

 

Alex Botelho garante pelo terceiro ano consecutivo Vaga para o Mundial de Ondas Grandes

Alex Botelho alcançou o 7.º posto final no circuito mundial de Ondas Grandes da World Surf League em 2018. O big rider algarvio, de 28 anos de idade, garantiu, assim, a continuidade entre os melhores do mundo das ondas grandes para a temporada 2019/20. Depois de ter sido 8.º classificado na última época, Alex consegue agora melhorar uma posição, mantendo-se no Circuito Mundial de Ondas Grandes pelo terceiro ano consecutivo. Um resultado conseguido após ter sido 4.º colocado no Nazaré Challenge e 17.º no Jaws Challenge, no Havai – a terceira prova, que seria em Mavericks, na Califórnia, não se realizou.  

 

Nic Von Rupp ganha vaga para o circuito mundial de ondas grandes

O surfista da Praia Grande, Nicolau Von Rupp, esteve entre os 15 finalistas da categoria Performance Of The Year dos XXL Big Wave Awards da World Surf League. Nos últimos 15 anos, este evento que é realizado com o objectivo de premiar as maiores ondas da temporada de ondas grandes, jamais viu um Português chegar ao Top 10 da categoria Performance Of The Year. O surfista  de 28 anos ficou entre os sete primeiros lugares tendo-lhe sido atribuído um wildcard que lhe garantiu uma vaga integral para o Big Wave Tour 2020 que teve início em Outubro na Praia do Norte, na Nazaré. Esta conquista mostra a garra do surfista luso em deixar o seu nome entre a elite de ondas grandes mostrando a qualidade do surf dos big riders nacionais.

 

Frederico Morais requalifica-se para o CT e é campeão do circuito de qualificação mundial (QS)

2019 foi um ano em grande para Frederico Morais. Kikas fez uma excelente campanha na Qualifying Series, tendo conquistado três primeiros lugares nas etapas do Pro Santa Cruz, do Azores Airlines Pro e do Hawaiian Pro. A conquista do título de campeão da etapa havaiana foi um momento histórico e a maior vitória de um surfista português na história. Kikas foi também o primeiro português a vencer o circuito de qualificação mundial e competirá novamente em 2020 ao lado da elite mundial no circuito mundial de surf, onde é o seu lugar.

 

Afonso Antunes conquista medalha de bronze no Mundial de Júniores da ISA

 

O surfista português de 16 anos conquistou a medalha de bronze do escalão sub-16 durante o Mundial de Juniores ISA de Huntington Beach na Califórnia ajudando a Seleção Nacional a alcançar um histórico sétimo lugar, com o maior número de pontos alguma vez alcançados por Portugal nesta competição. Afonso Antunes juntou-se assim a Tiago Pires e Vasco Ribeiro, antigos atletas Portugueses medalhados nesta competição.

 

*Acontecimentos colocados não por ordem de importância !

 

Aproveita e assiste abaixo ao vídeo de alguns dos maiores feitos dos surfistas Portugueses a nível Internacional!


Perfil em destaque

Scroll To Top