surf yoga surf yoga

Itens relacionados

sexta, 21 novembro 2014 13:40

O YOGA FAZ BEM AO SURF

Há várias décadas que o surf e yoga coabitam a mente, o corpo e o espírito de várias pessoas mundo fora.

Há bastantes surfistas que procuram no yoga não só um complemento para o surf, mas também uma forma de contrariar a tendência de concentração física que a modalidade proporciona. Enquanto o surf tende a ser contractivo, o yoga é expansivo, o que numa perspectiva filosófica oriental equivaleria a algo como: Yoga=Yin/Surf=Yang.

Um dos exemplos mais visíveis será sem dúvida o Sr. Pipeline em pessoa: Gerry Lopez.
Lopez refere que a prática milenar do yoga o ajuda não apenas a purificar a mente de modo a concentrar-se unicamente no que faz dentro de água, mas também assiste na respiração, integrada duma forma totalmente nova. Na verdade, o papel da respiração é determinante, ou não fosse a primeira e a última coisa que fazemos nesta vida. Assim, respirações curtas pela boca são um entrave particular na evolução do surf de cada praticante, aconselhando Gerry a que a respiração seja feita de modo profundo, prolongado e acima de tudo oriunda do centro de cada um. Isto sem falar na óbvia melhoria no aspecto da flexibilidade, permitindo um surf mais fluído e natural. Esta sinergia entre duas práticas com o potencial de aperfeiçoar o âmago dos praticantes, surgiu para Gerry logo aos 19 anos, levando a que surgisse uma natural preocupação com o corpo e a mente, de modo que ele seja peremptório nas suas palavras “o Yoga mudou o surf.”

Esta disciplina mental e física de contorcer o corpo em formas geométricas não só fortalece os ligamentos, a concentação e a presença no momento, mas também pode aliviar condições dolorosas, o que é definitivamente uma vantagem quando surgem as lesões do surf. Ainda que o mecanismo seja nesta altura desconhecido, isto acontece provavelmente porque a experiência da dor é alterada, através da diminuição de actividade do sistema nervoso e do batimento cardíaco.
Contrariamente ao que se possa pensar, esta informação não é meramente especulativa, já que existe uma investigação de 2010 que sustenta estas conclusões. 

Neste estudo controlado, 53 pacientes de fibromialgia viram as suas dores consideravelmente diminuídas face aos restantes pacientes, depois de participarem num programa de Yoga durante 8 semanas. Além da dor, foram observadas melhorias no respeitante ao humor e à fadiga. Na realidade, esta não é investigação única no respeitante ao papel do Yoga na saúde. Estudos anteriores já tinham deixado claro o peso do yoga na redução da inflamação e do stress.

São tantas e tão variadas as posturas do yoga, que não é fácil perceber aquelas que podem ajudar directamente a melhorar a prestação no surf. As mais obvias serão sem dúvida a prancha, a postura do guerreiro, o crescente-modificado, o barco e o golfinho, que além de terem na sua maioria nomes marítimos, são muito semelhantes aos movimentos necessários para um take-off eficaz. Mas o melhor mesmo é fazer como no surf: uma prática acompanhada.

Perfil em destaque

Scroll To Top