Vasco Ribeiro, no dia em que se sagrou campeão do mundo em juniores Vasco Ribeiro, no dia em que se sagrou campeão do mundo em juniores Foto: WSL

Itens relacionados

quarta, 07 outubro 2015 08:09

Vasco Ribeiro: o embaixador do 'made in Portugal' no WCT

Vasco Ribeiro: "é a altura certa para dar mérito às marcas nacionais que querem apoiar o surf português".



A nova geração do surf nacional tem vindo progressivamente a ganhar o seu espaço no circuito QS da WSL, e será apenas uma questão de tempo até Portugal voltar a ter um representante ao mais alto nível no Championship Tour, seguindo as pisadas de Tiago Pires. Um dos nomes que se destaca nesta geração é seguramente Vasco Ribeiro - campeão nacional em título, campeão mundial júnior e que ainda há poucos dias arrancou um 5º lugar no Allianz Cascais Pro, resultado que o catapultou para a 38ª posição do ranking QS. A recompensa pelo trabalho árduo não tardou, e Vasco Ribeiro garantiu um wildcard para representar Portugal na etapa do CT que chega a Peniche no dia 20 deste mês. À parte de representar o país com o seu talento, Vasquinho é, também, um verdadeiro embaixador do 'made in Portugal', ou não fossem os seus principais patrocinadores empresas com sede no nosso país. Falámos com o surfista cascalense sobre a sua relação com estas marcas.


Sobre a Deeply, o 'main sponsor', Vasco afirmou: "ter uma marca 100% Portuguesa a apoiar-me é um motivo de orgulho. Nos últimos anos Portugal tornou-se um importante destino para o Surf mundial e sinto que é a altura certa para dar mérito às marcas nacionais que querem apoiar o surf português. A estrutura da DEEPLY é enorme e os planos que têm de crescimento internacional conquistaram-me desde o primeiro momento. Poder estar daqui a umas semanas numa etapa do World Tour com um main Sponsor Português é um sonho e estou muito contente por isso, é como levar uma bandeira de Portugal às costas!"

 

No que toca às pranchas mágicas com que o surfista da Poça desliza mundo fora, a parceria é com a Semente, e Nick Uricchio. "Basicamente, o profissionalismo, dedicação e perfeição do Nick  - e paciência (risos) - faz com que tenha debaixo dos pés uma prancha que vai sendo trabalhada e melhorada ao longo do ano consoante a minha performance e feedback, e poder estar à distancia de Cascais - Ericeira facilita muito esta nossa ligação e comunicação. Já experimentei pranchas de praticamente todos os principais shapers mundiais e posso dizer que prefiro a Semente!", garante o surfista luso.


Para Nick Uricchio, shaper da Semente, a relação com Vasco Ribeiro tem sido profícua: "Trabalho com o Vasco desde o final de 2009, princípio de 2010, quando o vi pela primeira vez ainda era um puto franzino. O seu crescimento físico tem sido incrível, está enorme agora. E a evolução das suas pranchas tem sido um desafio, porque praticamente de 3 em 3 meses temos alterado a espessura/largura ao longo destes anos. O ano passado foi fantástico para nós os dois, chegámos a um ponto alto a trabalhar juntos, o Vasco teve material para chegar ao título nacional e de campeão mundial júnior. Tem sido muito recompensador trabalhar com ele e estar ligado à nova geração. Já trabalhei com várias gerações e isto é a ‘nata’ do que se passa hoje em dia. Espero muitas coisas do Vasco no futuro, acho que ele tem muito para dar, inclusivamente para mim, como shaper. Será excitante seguir o Vasco, ver até onde pode ir."

 

Sobre a MOCHE, marca não endémica que tem feito forte aposta neste desporto: "é a marca fora da indústria do Surf que mais aposta neste desporto, e se vou estar no World Tour é graças à Moche, estou grato por tudo o quanto me apoiaram ao longo destes anos e por continuar a fazer parte desta família!", afirma Vasco Ribeiro.

 

Para Ricardo Aragão, da Deeply, a aposta em Vasco Ribeiro tem metas ambiciosas. "Na altura de assinar o contrato de patrocínio entre a Deeply e o Vasco, um dos pontos fortes foi o objetivo comum da marca e do Vasco: a internacionalização da Deeply e o CT para o Vasco. Este Wildcard (ndr: para o Moche Rip Curl Peniche Pro) é uma primeira vitoria nessa sentido e com enorme emoção vamos ter um atleta português que tem como seu principal patrocinador uma marca portuguesa.De notar que este foi igualmente um peso forte na escolha do Vasco pela Deeply. Poder abraçar um projeto juntamente com uma marca portuguesa", explica o responsável.

 

Isabel Corte Real - Brand Manager da MOCHE explica a escolha de Vasco Ribeiro para a competição do WCT que se vai disputar em Peniche: "Este ano optámos por não ter Trials e entregar diretamente o nosso wildcard para o MOCHE Rip Curl PRO ao atleta MOCHE mais bem qualificado no ranking - assim garantimos não só um português no 'main event' como um atleta MOCHE, o que já se tornava essencial. Estamos muito contentes que seja o Vasco, era o único surfista do team que ainda não tinha tido esta oportunidade, sobretudo depois desta prestação no evento de Cascais. Se tivermos boas ondas nos Super até poderemos ter uma boa surpresa em Peniche!"

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top