Com mais de quarenta anos, ainda hoje Kelly Slater é uma referência no que diz respeito a alimentação e físico saudável. Com mais de quarenta anos, ainda hoje Kelly Slater é uma referência no que diz respeito a alimentação e físico saudável. Foto: WSL

Itens relacionados

domingo, 05 maio 2019 12:13

Dicas essenciais para manter a forma para o surf

Para quando não tens tempo de ir à água… 

 

Por vezes não estamos em sintonia com o Surf. Há alturas do ano em que é mais difícil ir à água. Para uns é o verão, face às habituais ondas pequenas e ao vento onshore pouco convidativo. Para outros o inverno onde o frio impera e tudo o que querem é estar bem quentinhos junto à lareira, num ambiente confortável e acolhedor.  

 

A azáfama do trabalho, a escola, a mudança de horário (no inverno, às 17h30 já é de noite), enfim, a própria rotina da vida por vezes também nos afasta daquilo que é a nossa grande paixão. Basicamente perdemos o ritmo. Porém, que podemos fazer para que isso não se verifique? 

 

O australiano Johnny Gannon, por exemplo, que foi treinador de Taj Burrow durante sete temporadas no World Tour, adianta algumas dicas e garante que há três atividades essenciais que ajudam a melhorar/manter a condição física de qualquer surfista-trabalhador-estudante-whatever durante as suas fases de menor atividade no surf. Confere então quais são: 

 

#1

Natação. É uma atividade que basicamente replica a remada e fortalece o tronco. Começa por nadar um quilómetro e depois vai evoluindo a partir dessa distância à medida que o treino continua. A natação é muito benéfica para o surf, pois aumenta a capacidade pulmonar, o que pode ajudar a estares mais seguro e confiante em sessões de ondas maiores.  

 

 

#2

É essencial manteres-te móvel e forte com exercícios básicos do dia-a-dia, como flexões de braços, agachamento de pernas e abdominais. Alguns minutos de salto à corda durante o dia também fazem milagres e ajudam a elevar o ritmo cardíaco. Estes exercícios ajudam na remada, assegurando uma braçada revigorante, e nos take offs que se querem rápidos. 

 

 

#3

A prática de skateboard. Com os novos skates existentes, sejam longboards ou surfskates, podes começar a praticar as curvas, a desenhar linhas no asfalto e a visualizar o que farás de seguida. À medida que vais fazendo skate estás também a usar os ombros (tronco), que são os mesmo movimentos que utilizas no surf. É o que mais parecido ao surf podes ter em terra. 

 

 

Como em tudo na vida, os resultados não são imediatos, mas a longo termo a recompensa é muito gratificante. Qualquer atividade física acaba por ajudar a manter a forma sempre que não consegues ir à água, mas é também importante uma alimentação saudável, dormir bem e estar sempre hidratado. Kelly Slater é um ótimo exemplo que, à beira dos 47 anos, não parece dar sinais de abrandamento e continua como o Vinho do Porto - leia-se, "quanto mais velho melhor". 

 

Bons treinos!

Perfil em destaque

Scroll To Top