banner topf
A expetativa cresce para os próximos dias. A expetativa cresce para os próximos dias. Foto: DR

Itens relacionados

segunda, 15 outubro 2018 08:46

Historial: 10 anos de CT em Peniche

Aproveita para conhecer os nomes dos 9 vencedores anteriores… 

 

Outubro é o mês da excelência do Surf em Portugal, pois é quando tem lugar a etapa do Championship Tour em Peniche (dias 16 a 27). A península de Peniche e as ondas dos Supertubos têm vindo a brindar os visitantes e os fãs do surf, desde 2009, com autênticos dias de praia e boas ondas como só existe em Portugal nesta altura do ano. 

 

Vê aqui o Heat Draw do Round 1

 

A prova nasceu em 2009 como sendo um The Search da Rip Curl. Na altura, mostrou o potencial das ondas portuguesas e acabou por ser um autêntico sucesso, ao ponto de se tornar uma etapa regular do circuito. A Praia de  Supertubos acolhe assim, a partir de amanhã, os melhores surfistas do Mundo pelo décimo ano consecutivo.

 

 

Desde a primeira edição Supertubos tem sido o palco principal, mas com o tempo a competição já passou pelo Molhe Leste, Point Fabril, Lagido e Belgas. Muito surf de qualidade já se viu pelas águas de Peniche. Muito drama e muitas histórias já se viveram no MEO Rip Curl Pro Portugal.

 

Vê aqui a Previsão de Ondas

 

A edição de 2011, realizada em dois dias e meio, é considerada uma das mais fantásticas de sempre, oferecendo ondas tubulares e bem ocas do início ao fim. Enfim, um autêntico manjar de tubos que garantiu quatro notas 10 a Kelly Slater, Julian Wilson, Adriano de Souza e Bede Durbidge. 

 

 

Este ano são três os portugueses que irão participar na 10.ª e penúltima etapa do World Championship Tour 2018 da WSL (Frederico Morais, Miguel Blanco e Vasco Ribeiro), mas além destes vale sempre realçar que também Tiago Pires (o primeiro português no WCT) competiu na prova durante vários anos, bem como Justin Mujica, David Luís, Marlon Lipke, Francisco Alves e Nicolau von Rupp, estes últimos na condição de “wildcards”. 

 

Mick Fanning marca presença em Peniche

 

Frederico Morais conseguiu um fantástico 5.º lugar em 2015, perdendo para o norte-americano Brett Simpson nos 1/4 de final, mas foi mesmo a chegada às meias-finais do evento, no mesmo ano, por parte de Vasco Ribeiro, o que equivale a um 3.º posto final, o melhor resultado de sempre alcançado entre a armada lusa. 

 

 

Entre os campeões da etapa, nos últimos 9 anos, Peniche coroou 8 vencedores diferentes e apenas um conseguiu repetir o triunfo. Falamos do australiano Mick Fanning que começou por sair vencedor no The Search de 2009, repetindo brilhantemente a façanha em 2014. 

 

Confere o Hall of Fame do CT de Peniche: 

 

2017 - Gabriel Medina venceu Julian Wilson na final (13.26 x 10.94)

2016 - John John Florence venceu Conner Coffin na final (16.67 x 9.93) e sagrou-se campeão mundial 

2015 - Filipe Toledo venceu Italo Ferreira na final (17.83 x 17.13)

2014 - Mick Fanning venceu Jordy Smith na final (15.50 x 7.67)

2013 - Kai Otton venceu Nat Young na final (12.23 x 11.03)

2012 - Julian Wilson venceu Gabriel Medina na final (16.26 x 15.37) 

2011 - Adriano de Souza venceu Kelly Slater na final (15.67 x 14.73)

2010 - Kelly Slater venceu Jordy Smith na final (13.33 x 11.43)

2009 - Mick Fanning venceu Bede Durbidge na final (12.67 x 9.87)

 

Durante dois anos, entre 2009 e 2010, o campeonato contou ainda com categoria feminina e foi válido para o Women’s World Tour tendo coroado nesses dois anos as havaianas Coco Ho e Carissa Moore, respetivamente. 

 

--

AF

Perfil em destaque

Scroll To Top