Ilha Paraíso... mito ou realidade? Ilha Paraíso... mito ou realidade? Ilustração de A. Devine

Itens relacionados

quinta, 17 janeiro 2019 17:30

A Ilha Paraíso do James Bond

Lendas e mitos? Verdade ou mentira?

 

Existe uma porção de terra na Austrália, ao largo da Sunshine Coast em Queensland (nordeste do país), que está recheada de histórias místicas e é conhecida como a Ilha Paraíso*. Os surfistas que até hoje se aventuraram nas águas que a separam de terra, cerca de 1 km, também conhecidas pela presença constante de tubarões, seguramente que guardam boas memórias. 

 

 

Dependendo do swell e do vento, a ilha pode oferecer as melhores ondas da região, funcionando entre os 2 e 10 pés e por vezes mais até se todos os elementos estiverem alinhados e em perfeita sintonia. 

 

A esquerda é conhecida pelos seus tubos, enquanto as direitas são mais traiçoeiras e exigentes. 

 

 

A história da ilha está carregada de lendas - umas são verdadeiras, outras não passam de mitos. Existe uma que refere que Sean Connery, o ator escocês que desempenhou o papel do agente secreto James Bond, a comprou e nela viveu com a sua esposa Diane Cilento (uma atriz australiana nascida na região) durante os anos 70. Porém, a verdade é que isto não passa de folclore local uma vez que Connery nunca pisou a ilha.

 

O casal possuía realmente um apartamento em Parkyn Parade, Mooloolaba, que ficava perto, e certo dia chegou mesmo a pedir a uma surfista australiana (Kim McKenzie) que os levasse até à ilha. No entanto, o mar agitado impediu que tal tivesse lugar. E assim a teoria do 007 cai por terra...  

 

 

O dono original da ilha foi na verdade John Sewell, um piloto de aviões reformado, que a comprou na década de 60 e nela construiu uma casa de pedras onde acabou por passar muito tempo juntamente com a sua família. 

 

Mais tarde, em 1985, Peter Troy acabou por adquirir os direitos de arrendamento da ilha. Na altura Peter era um dos grandes aventureiros, viajantes e embaixadores do surf. Portanto, a ilha foi o local ideal para construir um autêntico refúgio do surf.

Ele acordava de manhã e... ora surfava a direita ora surfava a esquerda. Que cliché! Clássico! 

 

Nos anos 80 a ilha ganhou ainda alguma notoriedade entre a comunidade do surf quando Jack McCoy produziu “Kong’s Island”, um filme com Gary Elkerton (Kong), Rabbit Bartholomew e Chappy Jennings. Aproveita para ver o filme aqui

 

 

Nos dias que correm encontra-se desabitada e recebeu a categoria de Parque Ambiental. Obviamente, as ondas ainda rolam em seu redor, de ponta a ponta, muitas vezes sem vivalma por perto, e a população de tubarões ainda faz a patrulha regular nas suas águas. 

 

Não é definitivamente um lugar para surfistas inexperientes ou pessoas de coração fraco, mas é seguramente uma Ilha Paraíso! 

 

--

* A ilha é conhecida como Old Woman Island (ou Ilha de Mudjimba) está localizada a cerca de 1 km da costa de Mudjimba e pode ser observada ao longo de vários quilómetros, acima e abaixo da costa. O seu nome provém de uma lenda que refere que várias mulheres aborígenes viviam na ilha até à velhice, daí o nome "Velha Mulher". 

Perfil em destaque

Scroll To Top