Kalani Chapman não ganhou para o susto. Kalani Chapman não ganhou para o susto. Foto: DR

Itens relacionados

segunda-feira, 16 janeiro 2017 09:24

KALANI CHAPMAN QUASE MORRE AFOGADO EM PIPELINE

Surfista havaiano não ganhou para o susto… 

 

O passado sábado foi um dos mais bonitos dias em Pipeline no que diz respeito à presente temporada de inverno. Ondas de 6 a 8 pés, leves brisas offshore e com ondas bem azulinhas. 

 

Desde o amanhecer até ao último raio de Sol, Sua Majestade Pipeline atirou algumas bombas para as amantes do surf e, claro, para os atletas que estavam a competir no segundo dia Da Hui Backdoor Shootout. Já ao final da tarde, durante o último heat do dia, Kalani Chapman meteu-se numa “double up”, meteu para o tubo mas acabou por ser esmagado por este. 

 

 

Depois, bem, depois, o veterano surfista havaiano não veio à superfície e gerou o alarme entre a equipa de nadadores-salvadores e todos os presentes na praia. Os surfistas Nathan Florence e Seth Moniz, que estavam por perto, reagiram prontamente e acabaram por puxar o leash do havaiano trazendo-o à tona. 

 

Mais tarde, na praia, a equipa de nadadores-salvadores fez a reanimação e este foi evacuado para o hospital. 

 

Vale realçar que Kalani Chapman só escapou com vida porque o seu leash não quebrou, possibilitando que tanto Seth como Nathan o puxassem à superfície por essa via. Um pequeno pormenor que fez a diferença. Vídeo em cima. 

 

O episódio faz recordar o do norte-americano Evan Geiselman, o ano passado, cujo vídeo recordamos em baixo, que também quase morreu afogado após uma queda em Pipeline, bem como o dos australianos Bede Durbidge e Owen Wright que também sofreram lesões graves no inverno de 2015-16. Esta onda não é para brincadeiras

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top