Itens relacionados

segunda, 16 abril 2018 08:31

A quezília entre Jesse Mendes e Mikey Wright

Desentendimento em North Point... 

 

Um dos assuntos mais fervorosos do fim de semana foi aquele que se passou entre Jesse Mendes e Mikey Wright. Ambos pertencem ao Team Quiksilver, com a particularidade de Jesse Mendes ter entrado esta temporada para a elite mundial e de Wright ser apenas uma das novas “coqueluches” da marca, mas, aparentemente, desentenderam-se.

 

O que se passou foi mais ou menos isto: No super crowdeado line up de North Point, numa matinal antes da competição arrancar, Jesse Mendes esperou muito tempo por uma onda do set.  Ora, Mikey Wright, acabadinho de fazer uma onda, considerou que podia seguir numa nova onda mal chegou ao pico. Acabou por não dropinar Mendes “à cara podre”, como se pode ver no clipe em baixo, mas fez com que este caísse… podendo até lesionar-se seriamente, pois North Point não é um spot qualquer! 

 

A post shared by PregoDoDia (@pregododia) on

 

Ora, o brasileiro não gostou da atitude do australiano (que vive na Gold Coast) e, quando ambos saíram da água e se voltaram a cruzar no parque de estacionamento, a coisa aqueceu e quase passou a vias de facto. 

 

Os australianos defendem Mikey e dizem até que este não perdeu a compostura e nunca retaliou perante as ameaças e avanços - mais físicos - de Mendes. Já os brasileiros relegam a situação para o bom senso, pois, como bem sabemos, nem sempre quem tem prioridade no line up tem direito à onda, especialmente quando acaba de fazer uma e se encontram vários surfistas no pico à espera de fazer as suas ondas. 

 

Depois do caso de “bullying” de Zeke Lau sobre John John Florence, em pleno Heat, eis um novo caso com surfistas que estão a competir numa etapa da primeira divisão do surf mundial, neste caso o Margies Pro, a terceira etapa do WCT. Com Fiji e o Havai de fora do circuito no futuro, com uma onda artificial de piscina a substituir a etapa de Trestles, o Tour está definitivamente a ficar interessante. Não sabemos é se será para melhor. 

 

O mais estranho de tudo é que foi Jake “The Snake” Paterson, ex-competidor do CT e atual coach de muitos surfistas da equipa internacional da Quiksilver - incluindo Zeke Lau; a divulgar as imagens em primeiro lugar (que, diga-se, apagou logo depois face aos comentários depreciativos e de puro ódio). Qual o intuito deste post? Não se percebe… a não ser que seja alimentar a social media. Um verdadeiro caso à BdC. 

 

Mais tarde, um novo vídeo foi divulgado (em rodapé) com ambos os atletas a sanar por completo a situação e a fazerem as pazes. No entanto, o mal já estava feito, o vírus já tinha sido espalhado pelo globo através da internet e quer Mikey quer Paterson acabaram por receber ameaças de morte e receberam ainda uma mensagem bem clara: “Esperamos que a WSL convide este hipster caipira para a próxima etapa em Saquarema. Vamos dar as boas-vindas para ele, galera!"

 

Ah pois, já diz o ditado popular: quem anda à chuva, molha-se! 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top