banner topf

Itens relacionados

sexta, 15 junho 2018 17:14

Sede da WSL na Europa vai ser criada em Lisboa

Anúncio foi feito esta tarde em Nova Iorque...

 

Regional office da World Surf League (WSL) vai ser criada em Lisboa, já em 2018. Confirmou Francisco Spínola em declarações à Surftotal, após o anúncio feito esta tarde em Nova Iorque pelo primeiro-ministro, António Costa, ao inaugurar o painel promocional de Portugal na Times Square, exibindo a onda da Nazaré com mais de 24 metros que entrou no Guinness por ser a maior alguma vez surfada pelo brasileiro Rodrigo Koxa em novembro do ano passado (batendo assim o anterior recorde do havaiano Garrett McNamara em 2011).

 

Com a vinda do centro nevrálgico da World Surf League para Lisboa, Portugal passa a ser o centro de decisão de todos os assuntos relacionados com surf na chamada região EMEA, o que inclui toda a Europa, além de África e Médio Oriente.

 

"Todos os eventos das marcas de surf nesta grande região, como por exemplo uma prova em Marrocos, vão sempre passar por Lisboa. Portugal vai ser a montra e a sala de reuniões de tudo o que acontece relacionado com o surf", adiantou Francisco Spínola, representante em Portugal da World Surf League e responsável pela organização das provas de surf a nível nacional. Francisco Spínola frisa, porém, que o escritório da World Surf League em França permanecerá ativo, dado que desde o final dos anos 80 estarem lá instaladas as principais marcas da indústria do surf, como a Rip Curl, a Billabong ou a Quiksilver, sendo este um mercado importantíssimo para o surf.

 

Segundo Francisco Spínola, a criação do centro nevrálgico da WSL em Lisboa é “um primeiro passo para outros ‘players’ da indústria se estabelecerem cá, tornar Portugal numa bandeira como o melhor país de surf na Europa e abrir os olhos das grandes marcas para o potencial em termos de negócio". 

 

--

Fonte: Francisco Spínola e Tribuna Expresso

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top