Pipeline reclamou ontem mais uma morte. Pipeline reclamou ontem mais uma morte. Foto: DR

Itens relacionados

sexta-feira, 18 janeiro 2019 09:33

Semana de ondas clássicas em Pipeline a terminar da pior forma

Vítima é um conhecido bodyboarder do North Shore… 

 

Banzai Pipeline, situada na costa norte de Oahu, uma das ilhas que compõem o arquipélago havaiano do Oceano Pacífico, é desde há muito considerada uma das mais perigosas ondas do planeta. 

 

É certo que certos slabs da Austrália, Teahupoo na Polinésia Francesa e outros desafiantes reefs-breaks espalhados pelo globo poderão ter uma palavra no que a este campo diz respeito, destronando até a rainha do Havai. No entanto, contra factos não há argumentos, e esses mostram que Pipeline, ano após ano, continua a registar o maior número de lesões e acidentes. E de mortes também. 

 

Ontem, 17 de janeiro, pelas 7h30 da manhã, reclamou mais uma vítima - após uma semana de altas ondas que serviu para realizar o Da Hui Backdoor Shootout. Tratou-se de Marcus Biju, um conhecido e experiente bodyboarder brasileiro que residia no North Shore e a quem chamavam de “Barrel Hunter”. 

 

 

 

O seu corpo foi encontrado na água em Pipeline, inconsciente, tendo-lhe sido prestado auxílio de imediato. Apesar de todas as manobras de reanimação, Marcus Biju não voltou à vida. 

 

Suspeita-se que, numa das suas ondas, tenha ficado dentro do tubo sendo atirado para o fundo rochoso onde bateu com a cabeça, ficando inconsciente. No entanto, diz-se que o afogamento é pouco provável uma vez que não tinha água nos pulmões. A causa mais provável parece ser um ataque cardíaco.  

 

Marcus Biju era um verdadeiro embaixador do espírito Aloha e da amizade que deixa este mundo cedo de mais. 

 

Numa outra nota, na ilha de Maui, Plinio Lattanzi, surfista de 54 anos, faleceu enquanto surfava em Honolua Bay há alguns dias atrás. A causa, já confirmada, foi um um ataque cardíaco fulminante. 

 

Este nome não é estranho dos portugueses uma vez que é o pai de Kalani Lattanzi, o waterman que tem vindo a passar temporadas na Praia do Norte em busca das mais desafiantes ondas. 

 

Que as suas almas descansem em paz. 

 

--

Clica aqui para saber mais sobre o porquê de Pipeline estar considerada a mais letal onda do planeta. 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top