ActivoBank

Itens relacionados

terça, 25 junho 2019 08:34

AS MUDANÇAS NO RANKING APÓS A VITÓRIA DE TOLEDO NO OI RIO PRO

A 15 dias do inicio da etapa do Corona Open J-Bay muito está em aberto para a elite mundial de surf...

Após a espetacular vitória de Filipe Toledo no Oi Rio Pro, pelo segundo ano consecutivo, fica a pergunta – Será Toledo capaz de repetir a proeza em Jeffreys Bay?

O surfista brasileiro foi campeão de ambas as etapas em 2018 e após sua a vitória na etapa brasileira este ano, e a sua subida para a 3ª posição no ranking, a sua fome de vencer parece cada vez maior.

Ao vencer Jordy Smith em Saquarema, Toledo subiu três posições no ranking, enquanto o surfista sul-africano subiu 1 lugar colocando-se agora na 4ª posição.

Mas não foram apenas Toledo e Jordy que subiram no ranking após a etapa do Oi Rio Pro.

Gabriel Medina e Julian Wilson subiram 4 lugares ocupando agora a 8ª e 6ª posição, respetivamente.

A prestação de Kelly Slater também permitiu ao 11x campeão mundial subir 2 lugares, ocupando agora a 7ª posição.

Já Kanoa Igarashi, Italo Ferreira e Ryan Callinan não viram o mesmo desfecho.

Italo Ferreira, campeão da 1ª etapa do CT, foi o surfista no top 10 que mais posições desceu (3) encontrando-se na 6ª posição, enquanto Ryan Callinan está agora na 9ª posição, dois lugares abaixo da sua anterior posição.

O campeão da terceira etapa do CT, Kanoa Igarashi, desceu um degrau ocupando agora a 5ª posição.

Embora a etapa de Saquarema tenha trazido muitas mudanças no ranking, John John Florence e Kolohe Andino continuam intocáveis ocupando as ambicionadas primeira e segunda posições, respetivamente.

 

 

No lado feminino, Caroline Marks foi a surfista que mais lugares desceu (3) passando da 2ª para a 5ª posição.

Stephanie Gilmore também não viu o Oi Rio Pro ajudar o seu posicionamento no ranking. A campeã mundial desceu 2 lugares ocupando agora a 3ª posição, enquanto Malia Manuel e Brisa Hennessy desceram para a 8ª e 9ª posições respetivamente.

Já Tatiana Weston-Webb, Lakey Peterson e Courtney Conlogue subiram para a 7ª, 5ª e 4ª posição, respetivamente.

Mas foram Sally Fitzgibbons e Carissa Moore quem viram a etapa brasileira abrir-lhes as portas para o topo do ranking, sentando-se agora na 1ª e 2ª posição, respetivamente.

 

 

 

O Corona Open J-Bay, 6ª etapa do CT, irá decorrer de 9 a 22 de Julho em Jeffreys Bay, África do Sul e será mais uma oportunidade para a elite mundial de surf reforçar as suas posições no ranking.

Perfil em destaque

Scroll To Top