terça, 06 agosto 2019 08:53

CONSTRUÇÃO DE PISCINA DE ONDAS EM FRANÇA CRIA TENSÃO NA COMUNIDADE LOCAL

E divide-a em grupos de apoiantes e opositores do projeto...

A construção do surf park La Bergerie Surf Camp, em Saint-Père-en-Retz, França, num terreno agrícola, levou a protestos que se intensificaram e dividiram a comunidade local.

Enquanto que um grupo local de agricultores apoia o projeto que promete trazer à região uma piscina de ondas com a tecnologia American Wave Machines e atrair 100 000 visitantes por ano, o Terre Communes, um grupo ativista que trabalha para preservar terras agrícolas em França, opõe-se ao projeto devido a questões ambientais que documenta no seu site tendo vindo a ocupar os terrenos de forma a impedir a construção do surf park.

O projecto conta uma piscina com capacidade de produzir ondas de 20 segundos de duração, num total de 18 ondas por cada sessão de 60 minutos, que variam desde alguns centímetros de altura até aos dois metros, mas o grupo ativista não recebeu o projeto com grande entusiasmo.

Enquanto os agricultores locais apoiam a construção do surf park que conta também com o apoio da Federação Francesa de Surf, o grupo ativista está determinado em boicotar a sua construção o que levou a uma acesa discussão entre os dois grupos, inclusive causando feridos.

A tensão é evidente tendo sido noticia nos canais televisivos franceses e divide a comunidade local que mostrou ser capaz de recorrer à violência para defender cada um dos seus lados.

 


Perfil em destaque

Scroll To Top