domingo, 25 agosto 2019 19:44

CONGRESSO BRASILEIRO INTIMIDA TV PARA RETIRAR VÍDEO SOBRE AMAZÓNIA

E os planos embaraçosos do governo...

Várias figuras públicas brasileiras juntaram-se num vídeo onde denunciam os actos do congresso brasileiro que ameaçam o futuro da Amazónia, mas após o vídeo ter chegado às televisões brasileiras os canais de TV foram intimidados pelo congresso para o retirarem do ar.  

A desflorestação da Amazónia e os recentes fogos que têm destruído o maior pulmão do mundo têm chamado a atenção de ambientalistas e governos mundiais para esta que é uma das maiores catástrofes já vistas e com impacto a nível global.

Os vários focos de incêndio chegaram a ser vistos do espaço, mas o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, desvalorizou os fogos que levaram a cidade de São Paulo, a maior do Brasil, a parecer estar de noite às 15:30 na tarde de segunda-feira passada, em resultado do fumo originário dos incêndios.

No temido vídeo para o governo brasileiro, várias celebridades acusam o congresso de colocar à venda as reservas naturais brasileiras através da criação de um decreto onde mais de 5 milhões de hectares de floresta são entregues para exploração. O decreto originalmente criado pelo ex-presidente brasileiro, Michel Temer, abria área protegida às empresas mineiras e ao investimento estrangeiro permitindo às grandes empresas de extração mineira, nacionais e internacionais, explorarem as reservas de ouro, cobre e ferro ali existentes. O decreto teve repercussões negativas que deram que falar em todo o mundo, levando o governo a revogá-lo, apenas para criar agora um novo, com os mesmos interesses.

Decreto de lei põe à venda a Amazónia.  Foto: comunidadeculturaearte

 

O vídeo tem como intuito incentivar a população a criar pressão no congresso, e para tal utiliza o site  342amazonia.org , uma plataforma de mobilização da sociedade civil, que mostra desta forma incomodar o governo e atrapalhar os seus planos de enriquecimento às custas de uma das maiores reservas do planeta, o que levou mesmo ao desaparecimento do vídeo da internet.

Perfil em destaque

Scroll To Top