O fundador da marca, Brian Cregan, no Havai na década de 70. Foto: Ocean &Earth O fundador da marca, Brian Cregan, no Havai na década de 70. Foto: Ocean &Earth

Itens relacionados

terça, 22 outubro 2019 08:43

A ÚLTIMA MARCA DE SURF A PERMANECER PRIVADA E FIEL AO ESPÍRITO DO SURF

Após a venda da Rip Curl...

 

No final de Setembro, as noticias da venda da Rip Curl aos especialistas em outdoor da Austrália e da Nova Zelândia, Kathmandu, fizeram correr tinta nos jornais e revistas em todo o mundo.

Após a aquisição da Quiksilver e da Billabong pelo grupo de investimentos canadense Brookfield, a Rip Curl era a última marca que se mantinha privada desde a sua criação em 1969 pelos surfistas e empresários Brian Singer e Doug Warbrick... ou talvez não.

Enquanto a industria do surf escreve um novo capítulo, a marca Ocean & Earth permanece fiel às suas origens permanecendo privada.

O seu fundador, Brian Cregan, surfista profissional na década de 70, criou a marca de hardware australiana em 1979 para suportar o seu estilo de vida como surfista sem ter de depender de patrocínios e prizemoneys e permanece ainda hoje a trabalhar na empresa.

Segundo Cregan afirmou numa entrevista à swellnet, o facto da empresa se ter mantido fiel à criação de hardware, algo que todos os surfistas necessitam, e não se ter dedicado à criação e comercialização de vestuário, tornou-os menos suscetíveis aos caprichos da moda e aos golpes da economia.

 

Dedicar-se à criação de hardware tem sido a estratégia da marca Foto: Ocean&Earth

O empresário disse ainda ter recebido várias propostas para vender a Ocean & Earth, mas recusou-as por não as considerar favoráveis à sua equipa e ao seu estilo de vida.

A industria do surf pode estar a escrever um novo capítulo, mas há um reconforto em saber que ainda há uma marca que mantém o mesmo espírito que a levou à sua criação, criar produtos de surf por paixão ao desporto.

Perfil em destaque

Scroll To Top