Foto: futurosustentable Foto: futurosustentable

Itens relacionados

segunda, 09 dezembro 2019 09:12

QUANTIDADE DE MICROPLÁSTICOS NOS OCEANOS PODERÁ SER MAIOR DO QUE IMAGINÁVAMOS

Segundo uma nova pesquisa...

 

As noticias sobre este surpreendente e alarmante cenário chegam-nos através do site Gizmodo que trás à luz uma pesquisa trazida a público pela Associação de Limnologia e Oceanografia liderada por Jennifer Brandon do Instituto de Oceanografia da Universidade da Califórnia, San Diego.

A nova pesquisa mostra que a quantidade de pedaços de plásticos com menos de 5 milímetros presentes nos oceanos não são duas ou três vezes mais do que os cientistas haviam estimado anteriormente, mas sim cinco a sete vezes.

“A razão da enorme discrepância tem a ver com o tipo de microplástico envolvido e a maneira como os cientistas tradicionalmente tentam medir a quantidade de microplástico nas águas do mar.”, podemos ler no site.

Na pesquisa foi utilizado um novo método para identificar mini-microplásticos nos oceanos, a microscopia de epifluorescência. Segundo a mesma, a realidade sobre a poluição dos oceanos é maior do que imaginávamos, o que nos mostra, mais uma vez, a responsabilidade que temos em mudar este cenário, mostrando, como guardiões do mar que devemos ser, o nosso respeito pelo oceano que tanto nos dá como surfistas.

Perfil em destaque

Scroll To Top