Foto: Matthew Abbott / The New York Times Foto: Matthew Abbott / The New York Times
segunda, 06 janeiro 2020 09:32

IMAGEM CAPTADA DURANTE OS INCÊNDIOS NA AUSTRÁLIA SURPREENDE O PAÍS

No primeiro dia do ano...

Os devastadores incêndios na Austrália continuam a deixar um rasto de destruição tendo já feito 24 vitimas mortais, destruído 1.500 casas, quatro milhões de hectares de terra, estimando-se ainda que mais de 500 milhões de animais terão morrido.

O país está a enfrentar temperaturas altas nunca antes vistas tendo chegado aos 43.6 graus na capital, Camberra, e aos 48,9 graus em Penrith, um subúrbio de Nova Gales do Sul, tendo levado, durante o fim de semana, à evacuação de várias zonas dos estados de Victoria e Nova Gales do Sul como medida de prevenção.

As chamas descontroladas ameaçam a destruição de aldeias inteiras e as imagens que correm o mundo mostram um cenário devastador, como cidades na costa leste da Austrália em plena escuridão no meio do dia, e um céu de um tom vermelho apocalíptico quando as frentes de incêndios se aproximam, mas uma imagem partilhada por Rose Fletcher no dia de ano novo destacou-se.

A sul-australiana tirou uma inesperada foto do nascer do sol no dia de ano novo em Victor Harbor, quando os incêndios perto de sua casa estavam no auge, sendo possível ver a semelhança com a bandeira aborígene.

"Foi tirada no dia de ano novo, logo após o nascer do sol, quando os incêndios estavam no seu pior estado e os corações estavam pesados e as pessoas assustadas - inclusive eu", disse a Sra. Fletcher ao Daily Mail Australia. "O sol nascente era apenas um disco pálido por trás das camadas de fumo sobre o Oceano, e então, por apenas alguns segundos mágicos, subindo por camadas sucessivamente densas, formou a bandeira aborígene."

À esquerda: Imagem captada por Rose Fletcher durante os incêndios. À direira: Imagem da bandeira aborígene australiana.  

 

 

A foto, posteriormente partilhada por Fletcher no facebook, tornou-se viral tendo recebido centenas de comentários.

A cultura aborígene caracteriza-se pela forte união de todos os seres da natureza com o ser superior que integra tudo e por este motivo crêem que os humanos devem honrar a natureza em tudo o que fazem, pelo que muitos vêm a imagem captada por Fletcher no primeiro dia do ano durante os incêndios nos país como uma mensagem dos seus ancestrais.

Perfil em destaque

Scroll To Top