Vasco Ribeiro tem feito um excelente percurso na etapa  Foto:WSL/laurent Masurel Vasco Ribeiro tem feito um excelente percurso na etapa Foto:WSL/laurent Masurel

Itens relacionados

quarta, 29 janeiro 2020 16:48

FREDERICO MORAIS E VASCO RIBEIRO NOS QUARTOS-DE-FINAL DO PRO TAGHAZOUT BAY

Um QS5000...

O Taghazout Bay, etapa masculina da Qualifying Series (QS) com estatuto de 5.000 pontos, entrou hoje no quinto dia de competição em Anchor Point com a realização da ronda 4 e ronda 5.

A etapa conta com surfistas de elite como Kanoa Igarashi e Nat Young, bem como os surfistas lusos Frederico Morais e Vasco Ribeiro que têm tido uma excelente performance ao longo do evento estando já nos quartos-de-final.

Após destacar-se nas rondas 2 e 3 onde eliminou surfistas como o ex-atleta do Championship Tour, Patrick Gudauskas, Vasco Ribeiro voltou a mostrar bom surf na ronda 4. Com um total combinado de 14.84 pontos em 20 possíveis, Vasco ficou na segunda posição do 4º heat da ronda, atrás do americano Jake Marshall com 15 pontos, eliminando o brasileiro Bino Lopes.

Na ronda 5, Vasco Ribeiro defrontou o ex-atleta do CT, Willian Cardoso, num heat muito disputado onde mais uma vez mostrou a força do seu surf ao eliminar o surfista brasileiro, assegurando a sua passagem aos quartos-de-final onde irá competir com Jake Marshall no heat 2.

Frederico Morais também mostrou ser um competidor a temer nesta etapa do QS. Tal como aconteceu na ronda 2, Kikas fez a melhor onda do heat, um 8.00 em 10 pontos possíveis, que ao somar ao seu backup de 6.17 o colocou na liderança eliminando o sul-africano Jordy Maree e deixando o australiano Liam O'Brien em segundo lugar.

 

Frederico Morais é uma ameaça nas longas direitas marroquinas. Foto: WSL / Sloane

 

Na ronda 5, Kikas teve como adversário o brasileiro Victor Bernardo com quem disputou um renhido heat. A sua primeira onda, um 8 sólido colocou-o na liderança no inicio do heat, mas o surfista brasileiro deu luta ao fazer duas ondas fortes, um 7.00 e um 8.50. Contudo, Kikas mostrou a sua determinação em chegar longe na etapa e a sua última onda, um 7.60 colocou-o na primeira posição eliminando Victor Bernardo por 0.10 pontos assegurando assim a sua presença nos quartos-de-final e um passo mais perto dos 5.000 pontos da etapa marroquina.

Kikas prepara-se agora para competir com o francês Tristan Guilbaud no heat 3 quando a competição retomar.

 

O palco principal do evento, Anchor Point Foto:WSL/Laurent Masurel

 

O evento tem nova chamada amanhã às 8:30 de Portugal Continental em Anchor Point. 

Perfil em destaque

Scroll To Top