OS REGRESSO FORÇADO DOS SURFISTAS LUSOS NO 2020 AMPSURF Foto: ISA/JIMENEZ

Itens relacionados

sexta, 13 março 2020 10:12

OS REGRESSO FORÇADO DOS SURFISTAS LUSOS NO 2020 AMPSURF

A difícil decisão, tomada após deliberação dos responsáveis federativos com consulta dos atletas...
 
A comitiva nacional presente no Mundial de Para Surfing da ISA que decorre na Califórnia está, neste momento, a proceder à retirada do país.

 
A difícil decisão, tomada após deliberação dos responsáveis federativos com consulta dos atletas e técnicos que fazem parte da Seleção Nacional, foi precipitada pelo anúncio, ontem, do fecho das fronteiras dos Estados Unidos da América pelo seu presidente, Donald Trump.

 

“É uma decisão extremamente difícil que fomos obrigados a tomar. Estamos a abandonar uma prova em que tínhamos hipóteses concretas de obter várias medalhas, mas o mais que provável sucesso desportivo tem, neste caso, de ser secundarizado em relação ao bem-estar e segurança dos atletas. É essa a nossa principal preocupação numa altura em que as rotas de regresso foram muito limitadas e podem mesmo ser completamente vedadas sem aviso prévio”, justifica o presidente da FPS e líder da comitiva, João Aranha.

O regresso deverá acontecer ainda hoje, via Frankfurt (num dos últimos voos disponíveis para a União Europeia) com a comitiva a aterrar em Lisboa durante o dia de amanhã.
 
Foto: ISA/JIMENEZ
 
 
 

Perfil em destaque

Scroll To Top