Itens relacionados

terça-feira, 14 julho 2020 10:59

SURFCARE É O INOVADOR SEGURO PARA PRANCHAS DE SURF

Desenvolvido por uma empresa Americana, mas com o objectivo de se tornar um projecto à escala global....

 

Há um novo seguro para pranchas de surf. Embora a ideia pioneira se tenha materializado nos Estados Unidos da América e tenha apenas o publico Americano como target, não deixa de ser menos assinalável. Esta ideia poderá existir em qualquer lado do mundo onde o elevado número de Pranchas de Surf comercializadas o justifique.

 

 
A Surfcare é uma nova companhia de seguros que ambiciona proteger as pranchas de Surf dos surfistas Norte Americanos pensando a curto/médio prazo no mercado Internacional.

Como funciona? O plano da Surfcare pode ser adquirido diretamente na loja de surf onde o comprador adquiriu a respectiva prancha ou (dentro de 30 dias após a compra da prancha), o surfista inscreve-se na Surfcare fazendo upload de uma foto da prancha comprada assim como o recibo da compra no Site Surfcare, escolhendo aí o plano de seguro pretendido. 10 dólares mensais oferecem cobertura contra quebras, Copinho (dos streps ou leashes) e as caixas das quihas. 12 dólares abrangem tudo o dito anteriormente mais reparações diversas. Já por 14 dólares a quilhas amoviveis também ficarão seguradas. (Os planos anuais tem ainda maiores descontos.)

"Criamos o Surfcare pois compreendemos a sensação terrível que é quando ao estrear uma prancha nova esta se parte logo na primeira sessão", diz o fundador Nick Stolz. "Sempre foi nosso objetivo ajudar as pessoas a surfar mais felizes e eliminar parte dessa terrível sensação que é quando se parte uma prancha".

Parece bom demais para ser verdade? Bem, não é. Se o surfista parte a sua prancha na sua primeira sessão ou dois anos depois (o período máximo de proteção), desde que esteja assegurado que a prancha seja "trocada/substituida" na loja de surf ou fabricante onde foi comprada por uma nova. Em qualquer um dos cenários, há uma dedução de 25% (do custo original da prancha). O mesmo acontece para as quilhas. Se por exemplo as quilhas se perderem, o Surfcare substituirá o conjunto (novamente, após uma dedução de 25%).


Quanto às reparações, aqui não há deduções. Se o surfista quiser arranjar a prancha, basta ligar para a Surfcare e estes enviarão para a oficina mais próxima (ou a oficina favorita do surfista) para consertar prancha sem qualquer custo.

 



"O objetivo é global", continua Stolz. "Queremos que o processo de reparo e substituição seja contínuo em todo o mundo. Estamos a construir uma rede global de lojas e oficinas às quais haverá acesso enquanto o surfista(cliente) estiver em casa ou a viajar. À medida que o Surfcare cresce, o processo torna-se mais rápido e fácil. Num futuro próximo, se um surfista estragar ou partir a sua prancha, poderá aceder o site Surfcare, registar uma reclamação ou telefonar e esperar que o serviço chegue. "


"A Surfcare ajuda também as lojas diferenciarem-se dos seus concorrentes, gerando receita extra em todas as pranchas vendidas e aumentando a fidelidade das lojas, pois no fundo a Surfcare leva os clientes de volta às lojas para reparos e outras compras, se e quando as pranchas partirem ou se estragarem", diz o co-fundador Rhett McNulty.

 


Perfil em destaque

Scroll To Top