A marca deixada na prancha do surfista pela mordida do tubarão faz perceber a dimensão da boca do animal A marca deixada na prancha do surfista pela mordida do tubarão faz perceber a dimensão da boca do animal

Itens relacionados

quinta-feira, 10 dezembro 2020 18:49

VITIMA DE ATAQUE TUBARÃO EM HONOLUA BAY DURANTE O MAUI PRO NÃO RESISTIU AOS FERIMENTOS

A World Surf League procura um local alternativo para terminar a 1ª prova feminina do World Women Tour

 

Esta morte é a primeira em águas havaianas desde Maio de 201

O surfista de 56 anos de idade que foi atacado por um tubarão na manhã de terça-feira em Honolua Bay, acabou por não resistir e sucumbiu aos ferimentos na noite de quarta-feira, confirmou o Maui Now.

O homem de 56 anos esteve inicialmente diagnosticado em condição estável depois de sair da cirurgia na tarde de terça-feira, mas sua condição acabou por se deteriorar.

O incidente ocorreu por volta das 7h45 da manhã  de terça-feira, a cerca de 20 metros da costa, enquanto o homem remava para fora a tentar passar a rebentação. Este incidente aconteceu horas antes do início do inicio do segundo dia de competição da primeira etapa do WWT, o Maui Pro. O evento foi posteriormente suspenso e as praias foram fechadas num raio de 1,5 km em todas as direções de DT Fleming para Punalau “Windmills” Beach.

Ataque de tubarão em Honolua Bay, PC: DLNR Hawaiʻi.

Esta morte, devido a um ataque de tubarão é a primeira em águas havaianas desde Maio de 2019, quando um homem de 65 anos originário da Califórnia foi mordido enquanto nadava em Honokōwai. O incidente de terça-feira também ocorreu apenas uma semana e meia após um outro do Dia de Ação de Graças em Honokōwai, no oeste de Maui, no qual uma mulher de 35 anos também da Califórnia sofreu graves ferimentos traumáticos no seu torso frontal num ataque de tubarão.

 

Surfista é socorrido pelos bombeiros. Bombeiro pega na malibu da vitima! click por Roberta L./DLNR

 

Funcionários do Departamento de Terras e Recursos Naturais do estado dizem que, durante séculos, os cânticos tradicionais do Havaí alertaram sobre um risco maior de ataques de tubarão no outono, quando a árvore wiliwili floresce. Em relatórios anteriores, os funcionários da Divisão Aquática do DLNR aconselharam: “A melhor coisa que os utilizadores do oceano podem fazer para minimizar o risco de mordidelas de tubarão é usar as praias com salva-vidas, ficar perto de outras pessoas e não se afastar muito da costa. Além disso, evitar água turva e áreas próximas à foz dos rios. "

 

A competição feminina do Maui Pro 2020 encontra-se ainda em pausa, estando a World Surf league a trabalhar com as autoridades locais para terminar a prova feminina Maui Pro numa outra localização...


Perfil em destaque

Scroll To Top