Itens relacionados

sexta-feira, 19 fevereiro 2021 08:49

Molly Picklum e Reef Heazlewood vencem o Great Lakes Pro

Primeira etapa do QS na Austrália...

Molly Picklum e Reef Heazlewood conquistaram a vitória no Great Lakes Pro, o evento de abertura da Qualifying Series (QS) de 2021. Os surfistas eram a dupla a bater, cada um conseguindo as maiores pontuações do evento no dia das finais para conquistar as suas primeiras vitórias no QS em ondas a rondar um metro a metro e meio em Tuncurry Breakwall.

Reef Heazlewood teve um regresso perfeito à competição com a sua primeira vitória no QS no Great Lakes Pro. Depois de uma temporada de 2020 prejudicada por cancelamentos de eventos e uma lesão no ombro, Heazlewood começou 2021 mais determinado do que nunca e conquistou os três maiores totais combinados do evento no seu caminho para a final. Na final, Reef enfrentou Jordy Lawler, de North Narrabeen, e a dupla não decepcionou, lutando onda por onda até ao último apito da sirene com Heazlewood a vencer.

 

"Tem sido um longo caminho de volta a este ponto, após a minha lesão e o Covid, então começar o ano com esta vitória é incrível. Esperançosamente, isso definirá o resto do ano", disse Heazlewood. "Eu acho que as condições realmente jogaram a meu favor e eu estava a olhar para estas esquerdas a aparecer antes do início de cada heat e eu só queria ir lá e surfar como se estivesse a fazer um vídeo. Foi incrível."

 

 

Reef Heazlewood Foto: WSL / TOM BENNETT

 

 

Molly Picklum foi uma falha enorme no radar mundial do surf por um tempo, mas hoje a surfista solidificou-se como a surfista a ser observada enquanto conquistava a sua primeira vitória nu evento QS1.000. A surfista de 18 anos guardou a sua melhor performance para a final, conquistando o melhor total combinado no evento na final contra Sophie McCulloch.

"Isto é incrível e algo de que me vou lembrar para sempre", disse Picklum. "Tenho sonhado em participar num evento do QS desde que conquistei o título de vice-campeã no QS de Maroubra em 2018. Vencer esta etapa faz-me sentir que alcancei um objetivo pessoal. Tenho estado aqui com o meu treinador Micro (Glenn Hall) a trabalhar muito na minha estratégia e realmente ajudou tê-lo aqui ao meu lado. Mal posso esperar pelo resto da NSW Pro Surf Series nas próximas semanas. "

 

 

Molly Picklum Foto: WSL / ETHAN SMITH

 

 

Jordy Lawler estava destinado a terminar na final com Reef Heazlewood com este beach-break a combinar perfeitamente com o seu estilo, oferecendo seções enormes para o surfista goofy fazer aéreos. Embora Lawler não tenha conquistado a sua terceira importante vitória no QS, ruma para o Port Stephens Pro em segundo lugar no ranking e numa boa posição para a qualificação da Challenger Series.

 

"Teria sido bom ganhar, mas o segundo lugar é sempre bom. Quero encarar este ano como uma maratona, não um sprint", disse Lawler. "Foi complicado lá fora. Às vezes tinha muita sorte e conseguia um monte de jóias, mas na final parecia que eu estava a levar com os sets na cabeça. Só quero dar o meu melhor este ano e continuar a obter resultados consistentes e dar o meu melhor nesta perna australiana. "

 

 

Jordy Lawler Foto: WSL / ETHAN SMITH

 

 

Na final, Picklum enfrentou Sophie McCulloch que esteve em altas a semana toda, conseguindo pontuações sólidas em todos os heats que surfou. No entanto, McCulloch não foi capaz de manter esse ritmo mas terminou a primeira prova de 2021 com um início de temporada impressionante.

 

"Estou muito feliz por ter chegado à final, especialmente porque não acho que dei o meu melhor", disse McCulloch. "Foi uma final muito divertida contra a Molly e ela realmente  motivou-me a dar tudo e ir em frente. Houve muita coisa a testar-nos neste evento, pois muitas vezes não sabíamos onde iríamos competir por causa das condições, e depois as ondas maiores, as seções finais brutais e o clima podem realmente deixar-te bastante cansado.”

 

 

Sophie McCulloch Foto: WSL / ETHAN SMITH

 

 

O Great Lakes Pro é a primeira de 4 etapas do Vissla NSW Pro Surf . O evento contou com a surfista portuguesa Concha Balsemão que fez uma excelente performance nas primeiras quatro rondas da primeira etapa australiana da Qualifying Series terminando o evento em 9º lugar ao ser eliminada na ronda de 16 pela australiana Kobie Enright.

O Vissla NSW Pro Surf Series dirige-se agora para o sul da Austrália para o Port Stephens Pro QS1,000, que tem uma janela de espera de 21 a 23 de fevereiro.

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top