Vasco Ribeiro Vasco Ribeiro WSL / Tony Heff
terça-feira, 30 novembro 2021 08:14

Sucesso de Vasco Ribeiro, Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot no segundo dia do Haleiwa Challenger

Vasco Ribeiro, Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot continuam em prova.

 

 

Ontem, dia 29 de Novembro, a acção voltou a Haleiwa depois de dois dias em que o Haleiwa Challenger esteve em pausa devido à diminuição do tamanho das ondas. Foi terminada a segunda ronda masculina, que tinha ficado no heat 8, e em seguida realizou-se a primeira ronda feminina. Foi um dia positivo para os portugueses, e, apesar da baixa de Carolina Mendes, seguem em prova Vasco Ribeiro, Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot. Com condições que deixavam a desejar comparativamente ao primeiro dia, as pontuações dos atletas foram, de um modo geral, mais modestas. A primeira surpresa do dia talvez tenha sido a ausência de Kelly Slater do heat 11, onde estava colocado. O 11 vezes campeão mundial não competiu, tendo sido substituído pelo havaiano Luke Swanson. Samuel Pupo foi o vencedor desse heat, com um total de 11.47 pontos, e Swanson passou em segundo, eliminando Shane Sykes e Maxime Huscenot.

 

 

Samuel Pupo. Foto: WSL/Brent Bielmann

 

Com o melhor score do dia, Vasco Ribeiro dedica heat a Dapin

 

Vasco Ribeiro entrou no heat 16, contra Liam O'Brien (Austrália), Barron Mamiya (Havai) e Michel Bourez (França). Vasco fez uma onda de 7.10 pontos e outra de 8 pontos (em 10 possíveis) somando um total de 15.10 pontos. Foi o melhor total do dia na categoria masculina, e Liam O'Brien, que passou em segundo, fez a onda mais bem pontuada do dia, um 8.23. Vasco dedicou a sua vitória a Dapin, o icónico surfista português que faleceu ontem: "Queria dedicar este heat ao Dapin que nos deixou hoje, mas vai estar sempre dentro de nós."

Na próxima ronda, Vasco Ribeiro vai entrar no heat 8 contra o brasileiro Deivid Siva, o australiano Connor O'Leary e o actual líder do ranking do Challenger Series, o japonês Kanoa Igarashi.

 

 

Liam O'Brien. Foto: WSL/Tony Heff

 

Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot avançam uma ronda

 

Yolanda Hopkins entrou no heat 2 da primeira ronda contra Zoe McDougall, Keala Tomoda-Bannert (Havai) e Meah Collins (EUA). Com uma onda de 6 pontos e outra de 5.93, Hopkins somou um total de 11.93 que lhe garantiu por 3 décimas a vitória no heat, com McDougall a passar em segundo com um total de 11.90. Sobre a vitória, Yolanda mostrou-se satisfeita, afirmando estar "confortável" no mar de Haleiwa. 

Carolina Mendes foi a segunda portuguesa a entrar, no heat 5, contra Savanna Stone (Havai), Ariane Ochoa (País Baixo) e Minami Nonaka (Japão). Foi um heat com notas muito próximas, em que todas as surfistas estiveram em algum momento com possibilidade de passar. Carolina Mendes acabou por ficar para trás, abandonando assim a hipótese de se qualificar para o CT 2022, juntamente com Ariane Ochoa. Savanna Stone venceu o heat com um total de 10.66 e Minami Nonaka ficou em segundo, com um total de 10.07 pontos. 

Teresa Bonvalot entrou de seguida, contra Daniella Rosas (Peru), Samantha Sibley (EUA) e Sara Wakita (Japão). Wakita fez uma onda de 7.83 pontos e outra de 5.83, e venceu o heat com um total de 13.66. Bonvalot passou em segundo lugar, com uma onda de 5.17 pontos e outra de 6.90, somando um total de 12.07 pontos. 

Entre as mulheres, o destaque vai para a havaiana Bettylou Sakura Johnson. No heat 8 contra a brasileira Summer Macedo, a australiana Sophie McCulloch e Janire Gonzalez Etxabarri, do País Basco, a surfista venceu com o melhor score total do dia, 16.60 pontos, tendo feito uma onda de 7.83 pontos e outra de 8.77, também a melhor do dia. Macedo passou em segundo, com uma pontuação total de 16.60.

Na próxima ronda, Yolanda Hopkins vai entrar no heat 2 e vai enfrentar a havaiana Brianna Cope e as duas jovens que para já ocupam o segundo e terceiro lugar no ranking do Challenger Series: a havaiana Gabriela Bryan e a americana Caitlin Simmers. Teresa Bonvalot também tem um desafio pela frente: vai entrar no heat 5 contra Molly Picklum, Savanna Stone e a actual #2 do ranking do CT, Tatiana Weston-Webb. 

 

 

Yolanda Hopkins. Foto: WSL/Tony Heff

 

Jake Marshall e Connor O'Leary garantem qualificação

 

Durante o segundo dia de competição, foram feitas as contas que permitiram confirmar que os atletas Jake Marshall, dos Estados Unidos, e Connor O'Leary, da Austrália, já têm a sua vaga no CT garantida. Para O'Leary, que terminou 2021 em 28º no ranking do CT, será uma requalificação. Já Jake Marshall entrará no circuito como rookie. De resto, ainda há muito a decidir nos próximos dias de competição.

A call para hoje será às 17h30 (hora de Portugal), com possível início da prova às 18h. Os heats podem ser consultados aqui e o livestream pode ser acompanhado aqui.

 

 


Itens relacionados

Scroll To Top