banner topf
Matt Banting Matt Banting Michael Lallande

Itens relacionados

quinta, 31 julho 2014 09:27

MATT BANTING. “SÓ TEMOS ALGUMAS OPORTUNIDADES POR ISSO, TEMOS DE APROVEITÁ-LAS”

Matt, Callinan e Igarashi têm futuro

 

Matt Banting, atual número 2 do ranking do circuito de qualificação, não pára de dar nas vistas. Após a sua vitória em Los Cabos e de manter-se na liderança da primeira ronda do Vans Us Open of Surfing, ontem, o atleta australiano conseguiu colocar Filipe Toledo em segundo lugar e eliminar Dane Reynolds, um dos surfistas de referência no surf mundial. “Não apanhei ondas na primeira parte da bateria. Mas no final acabou por correr a meu favor. Só temos algumas oportunidades por isso, temos de aproveitá-las bem. Estou feliz por continuar em competição”, disse o atleta de 19 anos.

 

“No início, quando comecei a competir, era muito difícil competir em ondas destes género. Tenho andado a surfar em beach breaks durante o verão porque é realmente muito difícil para mim. Comecei a época um pouco perdido com as novas normas da prioridade e Saquarema foi horrível. Acho que aqui as coisas estão a correr melhor”, disse Jonathan Gonzalez,  após a vitória contra Alex Ribeiro e Carlos Munoz. Michael Dunphy seguiu-se atrás do atleta das ilhas Canárias.

 

Por seu turno, o wildcard Kanoa Igarashi continua a mostrar que domina as ondas do seu quintal, ao fazer a nota mais alta da sua bateria, passando à frente de Travis Logie e Jadson André, que apurou-se em segundo lugar para a fase seguinte. “Sinto-me definitivamente pressionado porque moro aqui e devia saber quais são as que devo apanhar e como devo surfá-las. É um pensamento que não me sai da cabeça, mas estou apenas feliz. Apanhei as ondas certas e fui até ao fim”, disse o jovem de 16 anos.

 

Julian Wilson acabou por ser eliminado da prova, com 14, 27 pontos no total, sendo ultrapassado pelos conterrâneos Bede Durbidge e Garrett Parkes, que obteram uma pontuação total de 15,30 e 15,26, respetivamente.

 

A completar esta segunda ronda, foi Ryan Callinan quem conseguiu a nota mais alta, ao fazer um 16,50, deixando Santiago Muniz e Mason Ho sem resposta.

 

Já na última bateria do dia, o herói local Brett Simpson conseguiu superara Hizunome Bettero e Sebastian Zietz, juntando-se a Kolohe Andino na quarta fase do campeonato.

 

Fica com os melhores momentos da prova:

 

BS

Perfil em destaque

Scroll To Top