Direitas do Cabedelo servem de palco à 3,ª paragem da Liga. Direitas do Cabedelo servem de palco à 3,ª paragem da Liga. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

Itens relacionados

quarta, 23 maio 2018 15:14

Luta pelos títulos nacionais aquece na Figueira da Foz

Terceira etapa está agendada para 1, 2 e 3 de junho… 

 

A Liga MEO Surf, principal competição de surf nacional, está de regresso à Figueira da Foz, onde de 1 a 3 de junho os melhores surfistas nacionais vão lutar pelo triunfo no Allianz Figueira Pro, a terceira de cinco etapas de 2018. 

 

Com a disputa pela liderança nos rankings ao rubro, o Allianz Figueira Pro afigura-se como determinante para perceber quem vai partir para a segunda metade da época na frente da corrida aos títulos de campeões nacionais masculino e feminino, lugares atualmente ocupados por Miguel Blanco e Teresa Bonvalot, com esta última a tornar-se a recordista de vitórias na Liga após o Renault Porto Pro.

Lê mais sobre isto aqui

 

O ano passado os campeões da etapa foram Pedro Henrique e Teresa Bonvalot, mas é sempre de sublinhar que este é também o regresso à icónica direita do Cabedelo que no ano passado proporcionou excelentes condições de surf e que faz parte da história do surf nacional e mundial. Foi lá, por exemplo, que se disputaram várias etapas do Circuito Mundial de Surf no final da década de 90 e início do novo século.

 

Guilherme Fonseca, que foi 3.º classificado no Allianz Figueira Pro em 2017, refere que “A Figueira é um sítio onde me sinto muito confortável e tem uma onda que eu gosto. Também tenho muitos amigos na Figueira da Foz, o que me faz sentir muito bem. Vou para este campeonato de forma descontraída, sem pensar muito no resultado, tentando fazer onda a onda e heat a heat. Isso não aconteceu nas primeiras etapas, porque ando um pouco ansioso a competir, mas, agora, vou com o objetivo de aproveitar o surf e divertir-me a competir, depois os resultados vêm por si. Espero que as condições sejam boas como no ano passado, com ondas com forças e de parede aberta, onde me sinto confortável. Foi isso que a Figueira nos deu no ano passado”.

 

- Em 2017, Guilherme Fonseca a fazer gato sapato das ondas figueirenses. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

 

Por sua vez, João Ataíde, Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, aproveita para revelar algumas novidades à comunidade: “A Figueira da Foz afirma-se, cada vez mais, como um destino líder para os adeptos dos desportos de ondas e de praia. A prova disso é que, muito em breve, iremos requalificar, de forma profunda, um dos spots preferidos dos surfistas, o Cabedelo, e torná-lo ainda mais atrativo e com melhores condições para esta e outras modalidades que tiram proveito das excelentes condições naturais do Concelho para a prática de desportos de natureza, sejam eles em meio aquático ou em terra. A Câmara Municipal não podia deixar de congratular-se com uma prova que põe em destaque uma das maiores riquezas da Figueira da Foz, o seu mar, pela mão dos melhores surfistas nacionais”.

 

Para além da competição principal, existem ainda outros sub-troféus em disputa, bem como workshops, limpezas de praia e surf coaching. No que toca ao Fantasy Surfer, que está acessível aqui, o público poderá fazer as suas apostas com equipas do quadro masculino e feminino, habilitando-se a um fato E-Bomb 3.2 da Rip Curl e prémios da Polen Surfboards. O prazo de constituição das equipas encontra-se a decorrer até à hora do call para o primeiro dia de prova, sendo que os surfistas vão sendo disponibilizados à medida que se forem inscrevendo.

 

Todas as etapas da Liga MEO Surf têm transmissão em direto em www.ligameosurf.pt  

Perfil em destaque

  • Tiago Faria Tiago Faria

    Nova semana, novo talento do surf a ser revelado… 

Scroll To Top