Finalistas da categoria Open. Finalistas da categoria Open. Foto: Inês Gião Marques

Itens relacionados

terça, 17 julho 2018 08:34

Terceira etapa do Nacional de Bodysurf relança a luta pelo título

Miguel Rocha e Jaime Bonito dominam em Peniche..

 

Decorreu no fim de semana, no pico da Mota, em Peniche, a terceira etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf e do I Campeonato Nacional de Bodysurf Júnior com condições razoáveis, ondas de meio metro e vento offshore.

 

O dia começou ainda com a maré a vazar mas com a promessa de boas ondas. As linhas que se aproximavam da costa norte de Peniche, no Pico da Mota eram consistentes e com boa formação.

 

A prova iniciou-se pelas 9h com as baterias das meias finais de Júnior onde os destaques foram para os estreantes, Jaime Bonito e Francisco Ribeiro, wildcard do Península de Peniche Surf Clube. Estes dois atletas rapidamente mostraram que estavam nesta competição para lutar por uma vitória. Deixando logo pelo caminho Filipe Sá Leal e Miguel Arrobas. 

 

A final já com condições difíceis deixou uma vez mais um resultado diferente, com Jaime Bonito em primeiro, Francisco Ribeiro em segundo, António Coutinho em terceiro e Tiago Mesquita em quarto, abrindo desta forma ainda mais a luta pelo título. 

 

A prova do Open decorreu sobre um único mote, o domínio completo de Miguel Rocha que ao longo do dia mostrou que estava ali para ganhar a etapa, apesar da presença do campeão europeu de Bodyboard, o wildcard desta etapa Daniel Fonseca, que o ano passado tinha ganho esta prova em Peniche. 

 

Miguel Rocha teve um primeiro heat com o ex-campeão nacional António Stott onde de uma forma consistente construiu a partir daí um resultado sólido que o havia de levar à final e vencê-la.

 

 

Outro destaque do dia foi o atleta João Brogueira que de uma forma inteligente e consistente tem sabido olhar para as condições e tirar proveito das mesmas. Com a maré a encher foi João Brogueira que abriu caminho para o pico mais a sul do palanque, onde as esquerdas ofereciam paredes mais longas e maiores. Brogueira com um estilo de bodysurf cada vez melhor soube construir o seu caminho até à final. 

 

A final teve ainda mais um atleta da Associação de Surf de Vagos, Tiago Ramos que ficou em 4º lugar e se estreou assim nos pódios do Campeonato Nacional de Bodysurf. 

 

A final deixou o seguinte resultado: 1º Miguel Rocha, 2º João Brogueira, 3º Daniel Fonseca e 4º Tiago Ramos. 

 

A Câmara Municipal de Peniche e o Península de Peniche Surf Clube foram uma vez mais os anfitriões de uma etapa que apesar de difícil provou porque é que Peniche é um dos melhores locais em Portugal para a organização de eventos de ondas. 

 

A próxima etapa será em Santa Cruz nos dias 28 ou 29 de julho e as inscrições estão abertas em www.bodysurfportugal.com   

Perfil em destaque

  • TIAGO GUERRA - 9 ANOS - LISBOA TIAGO GUERRA - 9 ANOS - LISBOA

    O perfil desta semana chega-nos de Lisboa e, embora a sua idade ainda se conte pelos dedos das mãos, o titulo de campeão já faz parte do seu currículo...

Scroll To Top