segunda, 22 outubro 2018 09:32

Seleção Nacional Júnior de Surf de partida para Campeonato Mundial na Califórnia

Campeonato decorre entre 27 de outubro e 4 de novembro em Huntington Beach…

 

Diogo Martins, Salvador Couto, Miguel Matos, Gabriela Dinis, Mafalda Lopes, Mariana Garcia, nos sub-18, e Afonso Antunes, Guilherme Ribeiro, Joaquim Chaves, Carolina Santos, Concha Balsemão, Francisca Veselko, na categoria de sub-16, são os atletas convocados para constituírem a equipa nacional que vai competir no Campeonato Mundial Júnior da Califórnia, entre 27 de outubro e 4 de novembro, em Huntington Beach (Califórnia, EUA).

 

Depois de ter conseguido o bronze no campeonato europeu júnior, que se realizou em julho, em Torres Vedras, chega agora o momento de Portugal competir com os melhores atletas das seleções mundiais de surf júnior.

 

Na última participação mundial, no Japão, a equipa portuguesa acabou no top ten e espera, este ano conseguir, uma boa classificação, reforçando, ainda, o facto de este campeonato integrar a primeira fase do programa destinado a jovens esperanças, que possam ter resultados para a integração no “Projeto Comité Olímpico - Esperanças Olímpicas". 

 

“No campeonato do mundo deste ano, o nível das equipas vai ser ainda mais elevado, devido ao elevado interesse que o projeto olímpico suscita. Mas, como sempre, vamos determinados em conseguir um bom lugar na classificação”, refere João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

 

David Raimundo, selecionador nacional de surf, acredita que a equipa lusa tem todas as condições para ter uma boa prestação no campeonato: “Portugal apresenta uma seleção com potencial para fazer um bom resultado. Nos últimos anos, as seleções juniores têm conseguido cada vez melhores resultados, demonstrando que a qualidade dos nossos atletas mais jovens tem aumentando substancialmente.”

 

A prova irá bater recordes no que diz respeito a participações de número de equipas e surfistas femininas. Para a edição 2018 são esperadas 44 nações dos cinco continentes (batendo as 41 equipas presentes em 2017) e 154 atletas femininas (superando a marca de 104 que se verificou nos Açores em 2016).  No total são esperados 362 atletas na Califórnia.

 

Da nossa parte só nos resta desejar boa sorte à equipa nacional! 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top