Francisco Spinola à esquerda juntamente com o comissário World Surf League Travis Logie - ⯑@louiethain Francisco Spinola à esquerda juntamente com o comissário World Surf League Travis Logie - ⯑@louiethain

Itens relacionados

sábado, 01 dezembro 2018 07:32

F. SPINOLA É O NOVO GENERAL MANAGER DA WSL EUROPA, ÁFRICA E MÉDIO ORIENTE

A WSL(World Surf League) acabou de anunciar oficialmente a nomeação do Português Francisco Spinola como General da Manager da WSL Europa, Médio Oriente e África

Amplamente reconhecido pela sua contribuição de longa data para o desenvolvimento do surf profissional em Portugal, Francisco Spinola tem um historial fantástico na conquista de parcerias eficazes de vários anos com diversas marcas e parceiros na região europeia.

"Atrair os melhores talentos que são capazes de trabalhar ainda mais estreitamente com as partes interessadas existentes e desenvolver novas relações para o surf é importante para a WSL, e estamos felizes em ter o Francisco na nossa equipe como General  manager da E.ME.A", diz Sophie Goldschmidt, CEO da WSL. , e continua. "Tivemos a sorte de trabalhar com Francisco e perceber a sua capacidade ao longo dos anos e por isso tê-lo a liderar estas 3 regiões onde irá supervisionar parcerias, estratégia de marketing, eventos e apoiar o desenvolvimentos do surf e por isso fortalecerá ainda mais nossa posição na Europa, Médio Oriente e África."

Um surfista e ex-competidor ao longo da sua vida, Spinola trabalhou diretamente com a Rip Curl para trazer eventos de elite da WSL para Portugal. Trabalhou também na indústria do surf, mas sempre sonhou em seguir uma carreira no mundo do surf. A maioria de suas decisões de vida foram inspiradas pelo surf, incluindo os seus estudos em Sydney, Austrália onde terminou o seu MBA. O Turismo de Portugal tornou-se um importante parceiro da WSL na Europa, e Spínola e a sua equipa têm produzido todos os principais eventos da WSL, desde WCTs, QS10000s até eventos do Big Wave Tour no país.

"Estou emocionado e ansioso para os novos desafios", disse Spinola. "Definitivamente reconhecendo que a EMEA é uma região enorme e altamente complexa com muitos países, diferentes idiomas e culturas. Considero que um forte conhecimento de cada mercado é vital. Portanto, precisaremos manter e identificar mais parceiros de grande dimensão para desenvolver ainda mais a presença da WSL nestes países. Eu acredito que a minha experiência como parceiro de longa data da WSL ajudará a desenvolver ainda mais o nosso negócio e desenvolver ainda mais a WSL e o surf na região da EMEA ".


Perfil em destaque

Scroll To Top