Itens relacionados

quarta-feira, 15 janeiro 2020 14:44

SURFISTA COM PERNA AMPUTADA SURFA ONDA DE 10 METROS NA NAZARÉ

Que lhe valeu um convite especial...

 

A onda da Nazaré tem atraído muitos big riders de classe mundial que vêm até à Praia do Norte com o intuito de surfar as suas poderosas ondas gigantes, mas entre os destemidos surfistas o australiano Ollie Dousset destacou-se.

O surfista australiano tem uma perna amputada mas não deixou que esta o limitasse e, sem nenhuma experiência na onda portuguesa nem em tow-in, surfou há três dias atrás uma onda de 10 metros contra todas as probabilidades.

Dousset perdeu a perna direita num trágico acidente em Uluwatu, na Indonésia, em 2018, ao ser atropelado por um camião quando a scooter onde viajava como passageiro o tentou ultrapassar.  

Segundo a Tracks, ao ver-se perante tal cenário, o surfista de Sydney teve o sangue frio de pegar numa grande parte da sua perna e nos músculos dos gémeos que estavam caídos no chão ao seu lado e entrou num táxi em direção a um hospital local. Dousset recebeu uma cirurgia no dia seguinte para recolocar a perna, mas desenvolveu uma infecção 10 dias depois. Os seus pais tiveram que pagar por um voo de emergência para o Royal Perth Hospital onde recebeu a notícia devastadora de que ou perderia a perna ou perderia a vida.

Ollie Dousset não deixou que as circunstâncias da sua vida o demovessem de a viver ao máximo e desde então tem vindo a mostrar o poder da superação e da força de vontade tendo já surfado as pesadas ondas de Waimea e Pipeline.

O surfista Brasileiro de ondas grandes Caio Vaz, que ainda está a recuperar de uma lesão sofrida em Cloud Break que lhe arrancou o tendão do osso ferindo gravemente a perna, acompanhou Dousset na sua estreia na Nazaré, um momento que o surfista partilhou na sua página de instagram como tendo sido muito especial.

A sua coragem valeu-lhe ainda o convite para participar numa expression session durante o Gigantes de Nazaré Tow-In Surfing Challenge descrevendo-a como uma das melhores sessões da sua vida até hoje. Dousset elogiou ainda a comunidade de big riders presentes na Nazaré pela forma calorosa como o receberam. 

 


Ver esta publicação no Instagram

Some moments captured before my first surf at Nazare after flying in the night before, A last minute decision on less than 24 hours notice. . I had only towed into a handful of time’s in my life and never surfed a real tow board (they are Super heavy 12-15kgs)... nor had I done any tow surfing with straps since loosing my leg.... we didn’t know what was going to happen and if I was going to be able to do it...... Everyone was having second thoughts about going out there in such big conditions.... and were thinking of waiting for a smaller day..... . @caiogebaravaz quietly walked over next to me and asked me what I thought away from Everyone... I said I think that it’s pumping and a perfect day, some of the cleanest big waves I had ever seen... I want to surf. . . he said “Then let’s go!!!!” . So i put my canisters into my vest, put on my original big wave psyche up song on repeat (breathe - @hilltophoods ) and we headed down to the boat ramp to suit up and get out there. As we were getting ready I noticed Caio was wearing a moon boot; he was still recovering from a heavy injury at huge cloud break, where he ripped his hamstring off the bone and destroyed his leg.... so it was only fitting that two dudes with two good legs between us were heading out together.... we were both laughing as we were walking down the wharf to the jet ski. . I jumped on the back of the rope while we were still in the safety of the harbour and practiced a few rescue pick-ups and water launches to figure out how to get my prosthetic foot into the tow strap. The board felt good and fast..... Caio and I held hands and he ran me through the traditional prayer that they do before each session, which was very special. we were ready. ?? . ? @anacatarinaphoto

Uma publicação partilhada por Ollie Dousset | Amputee (@olliedousset) a

Perfil em destaque

Scroll To Top