O ensino do Surf deverá começar de uma forma controlada e responsável. O ensino do Surf deverá começar de uma forma controlada e responsável. Click por Tó Mané

Itens relacionados

sexta, 01 maio 2020 14:27

ESCOLAS DE SURF "PODERÃO" VOLTAR A OPERAR A PARTIR DE 4 DE MAIO

Aguardam apenas que as respectivas Capitanias e Munícipios autorizem....

 

....de imediato o regresso às actividades económicas ligadas ao ensino do Surf.

 

Segundo o documento da Resolução do Conselho de Ministros de ontem (33 A / 2020) onde a Prática de desportos individuais ao ar livre, sem a utilização de balneários ou piscinas, é permitida já a partir de segunda-feira, dia 04 de Maio, nesse mesmo documento no anexo à resolução, Artigo 16, ponto 2 diz o seguinte:

"É permitido o exercício de atividade física e desportiva até cinco praticantes com enquadramento de um técnico, ou a prática de atividade física e desportiva recreacional até dois praticantes."

Deste modo, as Escolas estão na expectativa e aguardam que as respectivas Capitanias e Munícipios autorizem de imediato, embora de uma forma ainda limitada o regresso às actividades económicas ligadas ao ensino do Surf.



Segundo Nuno Sequeira da Surf Lisbon - House & School, num comentário efectuado num artigo Surftotal "Apelo a que todas as Escolas de Surf se informem e "pressionem" as autoridades competentes para a emissão das respectivas licenças (aqui em Lisboa e Cascais expiraram ontem as licenças de "Inverno") e assim todos poderem ver o seu direito ao trabalho consagrado."

 

Também a Associação de Escolas de Surf de Portugal com cerca de 150 Associados (101 Escolas de Norte a Sul do País e 56 treinadores) já tinha solicitado ao Governo Português esta permissão a partir de 04 de Maio.

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top