Halley Batista e Carina Duarte - Click por Jorge Matreno / ANS Halley Batista e Carina Duarte - Click por Jorge Matreno / ANS
domingo, 27 junho 2021 12:53

Halley Batista e Carina Duarte conquistam o Allianz Sintra Pro 2021

No terceiro e último dia de ação na Praia Grande as emoções estiveram ao rubro....

 

 

Vasco Ribeiro é Campeão Nacional 2021:

Halley Batista e Carina Duarte garantiram este domingo a vitória no Allianz Sintra Pro, a quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf 2021, a principal prova de surf em Portugal e a que define os títulos de campeões nacionais. No terceiro e último dia de ação na Praia Grande as emoções estiveram ao rubro, com Vasco Ribeiro a garantir o título masculino antes ainda da final.

Na final Vasco acabou por falhar a terceira vitória consecutiva em etapas, vendo Halley estrear-se a vencer na Liga MEO Surf, ao passo que Carina Duarte carimbou o regresso aos triunfos na Liga seis anos depois do último.

 

Halley repete final do Porto e estreia-se a vencer na Liga MEO Surf:

Após ter sido o grande destaque da ação no sábado, Halley Batista voltou a voar alto na fase man-on-man. Com todas as atenções centradas na luta pelo título, Halley foi avançando ronda após ronda com os melhores scores. Tudo começou com um triunfo frente a Miguel Blanco nos quartos-de-final, seguindo-se a vitória frente a Afonso Antunes nas meias-finais, que acabou por decidir o título nacional a favor de Vasco Ribeiro.

 

Com Vasco a ter vencido Jácome Correia nos quartos-de-final e, depois, Arron Strong nas meias-finais, repetia-se, assim, a final da última etapa, no Porto. Só que desta vez, Halley não quis ficar a ver de perto a festa de Vasco Ribeiro. O surfista que vem do Algarve somou 11,45 pontos e resistiu ao ataque final do novo campeão nacional, que acabou por terminar o duelo com apenas 10,50 pontos.

 

“Não tenho palavras para descrever o que se está a passar”, começou por afirmar Halley após o triunfo. “Quero agradecer a Deus e a todos os meus amigos que estiveram a torcer por mim. Foi uma bateria muito apertada, tal como no Porto. Quase que voltei a perder a vitória no fim, mas por sorte venci eu desta vez e estou muito feliz por isso”, sublinhou o surfista que está a fazer apenas a segunda etapa esta temporada e que conseguiu o primeiro triunfo da carreira na Liga MEO Surf.

 

Carina regressa aos triunfos na Liga seis anos depois:

Com a ação a arrancar bem cedo na Praia Grande, pelas 7H15, foi a ronda 3 feminina a ir para a água primeiro. Depois das surpresas que aconteceram na véspera na prova masculina, desta vez registaram-se resultados menos esperados do lado feminino, com grande destaque para a eliminação da líder do ranking Carolina Mendes e da campeã nacional Teresa Bonvalot no mesmo heat, onde Mafalda Lopes e Carolina Santos agigantaram-se para conseguirem uma vaga nas meias-finais. No heat anterior Francisca Veselko e Carina Duarte também conseguiram avançar para a fase seguinte. Uma situação que colocou automaticamente Kika na liderança do ranking.

 

Com muita juventude a querer estrear-se a vencer na Liga MEO Surf, acabou por ser a experiência a fazer a diferença. Na primeira meia-final Kika Veselko bateu Carolina Santos de forma folgada e aumentou ainda mais distâncias para a concorrência nas contas do ranking. Depois, foi a vez de Carina Duarte superar um duelo muito equilibrado frente a Mafalda Lopes, decidido por muito pouco.

 

Na grande final Francisca Veselko e Carina Duarte tiveram algumas dificuldades pela frente com as condições do mar e acabou por ser a antiga campeã nacional a levar a melhor, utilizando a sua experiência para decidir este duelo nos pormenores. Carina somou 9,40 pontos, contra apenas 7,40 de Kika, e garantiu um muito saudado regresso aos triunfos na Liga MEO Surf.

 

“É muito bom regressar às vitórias”, começou por dizer Carina Duarte, após o triunfo, ela que este ano está de regresso à competição a tempo inteiro, após um hiato nos últimos anos. “Não estava nada à espera disto, mas a verdade é que me estava a sentir muito bem. O mar estava pequeno e tivemos alguns minutos sem ondas, mas consegui alguns scores logo no início, o que me ajudou. Estou a divertir-me bastante e isso é que é importante”, frisou.

 

A surfista da Ericeira, de 27 anos, tinha vencido a última etapa no Porto, em 2015. Agora, com este sucesso na Praia Grande, além de chegar às 12 vitórias de etapas na carreira, garantiu, ainda, a reentrada nas contas do título feminino, mantendo-se no 3.º posto, mas mais próximo dos primeiros lugares.

 

Vasco Ribeiro e Francisca Veselko vencem a Allianz Triple Crown:

Além do título masculino, o Allianz Sintra Pro decidiu ainda os campeões da Allianz Triple Crown, com Vasco Ribeiro e Francisca Veselko a levarem cada um para casa um prémio monetário de 4 mil euros. Vasco e Kika sucederam a Afonso Antunes e Teresa Bonvalot como campeões deste importante sub-troféu, sendo que Vasco já o tinha vencido noutras duas ocasiões (2016 e 2017), enquanto que para Kika é uma estreia.

 

 

Resultados finais do Allianz Sintra Pro Pro:

Final masculina: Halley Batista 11,45 x Vasco Ribeiro 10,50

Final feminina: Carina Duarte 9,40 x Francisca Veselko 7,40

Go Chill Expression Session feminina: Carolina Mendes

Go Chill Expression Session masculina: Halley Batista

Joaquim Chaves Saúde Best Wave: 9 de Vasco Ribeiro, nas meias-finais

Bom Petisco Girls Score: 15,00 de Carolina Mendes na ronda 2

Sintra Best Surfer: Gabriel Marques e Leonor Fragoso

 

Próxima Etapa da Liga Meo em Peniche:

A Liga MEO Surf ruma, agora, a Peniche, onde de 16 a 18 de Setembro se realiza o Bom Petisco Peniche Pro, quinta e última etapa da temporada, onde o título feminino poderá estar ainda em jogo. Antes disso, há ainda lugar à Miss Costa Nova Cup, uma prova extra do circuito feminino, que se disputa em Ílhavo, de 30 de Agosto a 1 de Setembro.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top