Llewellyn Whittaker e Gonçalo Cruz Llewellyn Whittaker e Gonçalo Cruz segunda-feira, 02 maio 2022 08:55

Treinador Olímpico Llewellyn Whittaker orientou Training Days no Surf Clube de Viana no arranque das High Performance Series

 Viana do Castelo e SCV querem afirmar-se como locais fulcrais para o desenvolvimento do surf. 

 

 

Entre os dias 9 e 15 de Abril, Surf Clube de Viana (SCV) realizou dois Training Camps, orientados pelo treinador olímpico de surf Llewellyn Whittaker.  Com o Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana (CAR Surf de Viana) a servir de anfitrião, estes eventos marcaram o arranque das High Performance Training Series do SCV, que pretendem apoiar o desenvolvimento dos melhores surfistas europeus, contribuindo para as suas carreiras profissionais e elevando o surf europeu a novo nível de qualidade e competitividade.

“Estamos a incutir disciplina, habilidades técnicas e um nível de excelência através destes training camps", afirmou Whittaker. "As High Performance Training Series do SCV estão a estabelecer um patamar de surf como desporto profissional desde tenra idade, ajudando a melhorar o nível de surfistas da próxima geração."

Da carreira de Llewellyn Whittaker como treinador destacam-se ter acompanhado, na África do Sul, atletas como Adin Masencamp, Ethan Fletcher e Max Elkington, ter arrecadado uma medalha de prata nos World Junior surfing championships, Peron 2011, com a equipa júnior sul-africana. Nos últimos anos, foi treinador principal da Federação Alemã de Surf, acompanhando atletas como Leon Glatzer e qualificando-o para os Jogos Olímpicos de 2020.

 

 

 

 

Training Camps tiveram foco na evolução técnica e na capacidade estratégica e competitiva

 

O primeiro destes treinos desportivos, de 9 a 12 de abril, contou sobretudo com a participação de sete atletas da Seleção Galega de Surf Júnior, que aproveitaram para fazer a preparação para a Copa de Espanha.

De 12 a 15 de Abril teve lugar o Pro Junior Training Camp, para surfistas juniores de nível avançado ou de alto rendimento que competem a nível nacional ou internacional.  Além de dois atletas de formação do SCV, contou com  sete atletas internacionais provenientes da Irlanda, do Reino Unido, da Bélgica, da Alemanha, da França e de Portugal.

O programa de treino desportivo dos eventos foi dividido em duas vertentes. Na primeira,de evolução técnica, LLewellyn Whittaker analisou as qualidades e os pontos a melhorar de cada surfista e ofereceu ideias, feedbacks práticos e mecanismos para os atletas progredirem tecnicamente.

Na segunda, de desenvolvimento da capacidade estratégica e competitiva, a vasta experiência de Whittaker como competidor e treinador de elite permitiu-lhe aplicar drills específicos e identificar como os competidores poderiam melhorar estrategicamente para alcançar melhores scores, consistentemente, em competição.

 

 

 

 

 

Viana do Castelo quer assumir papel fulcral na elevação da qualidade do surf europeu

 

Para o treinador olímpico, “o CAR Surf de Viana conta com equipamentos de qualidade para responder a qualquer nível de surfista. Tem uma equipa incrível, que tudo faz para criar o training camp perfeito.” Destaca também “a diversidade de ondas, permitindo o treino de todas as componentes de surf dos atletas, e o benefício adicional de não existir crowd, algo raro nos dias de hoje.”

Gonçalo Cruz, da organização, considera que, “para além do trabalho com um treinador de referência, estes training camps foram diferenciadores por terem-se focado em promover a melhor performance de cada surfista e em dar-lhes ferramentas para continuarem a evoluir como atletas. Todos os dias, o grupo seguia uma rotina específica de ativação matinal, deixando os atletas física e mentalmente prontos para o dia de treino e de recuperação à tarde, com recurso a técnicas de libertação miofascial e alongamento, mantendo a aptidão física ao longo do training camp. As sessões físicas complementares, de ginástica natural e com exercícios específicos de surf, estavam coordenadas com os feedbacks técnicos que cada atleta recebeu estimulando padrões motores para estes os aplicarem posteriormente na água. Tudo isto, associado a horários bem definidos e alimentação saúdavel, contribuiu para os jovens atletas começarem a desenvolver as bases que um atleta de alto rendimento deve ter.”

“Estas High Performance Training Series têm por objetivos serem, de futuro, uma grande oportunidade para os melhores juniores da Europa, afirmar o CAR Surf de Viana e Viana do Castelo como locais ideais para treinar campeões e contribuir, assim, decisivamente para a melhoria da qualidade do surf”, explica João Zamith, presidente do SCV.

 

 

Martin González
Scroll To Top