Itens relacionados

sexta-feira, 01 novembro 2013 17:36

FINAL DE ESPERANÇAS DECORRE JÁ ESTE FIM-DE-SEMANA

João Kopke e Camilla Kemp são os vencedores antecipados.

 

Já se sabe quem são os campeões mas isso não é razão para não passares na Praia de São Pedro do Estoril este fim-de-semana. A praia vai acolher a finalíssima do Circuito Nacional de Esperanças 2013, organizada pela Federação Portuguesa de Surf e o Surfing Clube de Portugal.

 

Esta é a sexta etapa do Nacional a que apenas têm acesso os 16 melhores surfistas de todos os escalões (sub-12, sub-14, sub-16, sub-18 e sub-18 feminino).

 

Apesar de tudo, para João Kopke (sub-18) e Camilla Kemp (sub-18 feminino), a finalíssima será apenas de consagração, já que estes surfistas já são, matematicamente, os campeões nacionais pelo apuramento dos quatro melhores resultados da temporada.

 

Kopke venceu três etapas, na Caparica, Peniche e Ericeira, e somou dois segundos lugares, em Aveiro e Viana do Castelo; Camilla Kemp totalizou quatro vitórias (Caparica, Aveiro, Viana e Ericeira) o que, malgrado o quinto lugar em Peniche, lhe dá o título de forma esmagadora.

 

Para João Kopke, que se despede do Circuito Nacional de Esperanças este ano, o sentimento é de missão cumprida: "Conquistar este título era um dos meus objectivos da temporada. Felizmente, consegui atingi-lo. É o meu último ano e saio com quase todos os títulos de Esperanças. Falta-me apenas o sub-12." 

 

Olhando agora para a carreira no Esperanças, coloca-se a questão: o que é que esta prova lhe deu ao longo dos anos e o que ele leva para o futuro como surfista profissional? "É um circuito importante para quem começa a surfar perceber qual o seu nível face aos outros surfistas da sua idade e se pode ambicionar fazer carreira no surf. Fundamentalmente, posso dizer que é um dos melhores circuitos de formação que conheço em todo o Mundo."

 

Já Camilla Kemp assumiu estar "nas nuvens" com este título. Aos 17 anos, a surfista local do Guincho, confessa agora pensar em voos mais altos: "Há anos que persigo este objectivo e estou muito feliz por tê-lo alcançado. Agora, para o ano, vou tentar apostar mais no pro-júnior europeu e tentar fazer alguns WQSs. Para a finalíssima de S. Pedro, vou, como sempre, para tentar ganhar e mostrar o meu surf!"  

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top