Restaurante Burguês Restaurante Burguês

Itens relacionados

quinta-feira, 19 dezembro 2013 13:57

COMISSÃO DE NOTÁVEIS ELEGE CANDIDATOS PARA O CAPÍTULO PERFEITO

Grupo de peritos reuniu-se ontem no restaurante Burguês, em Cascais, para predefinir a lista de surfistas que vão a votos do público

 

Em 2014, o Capítulo Perfeito volta a reunir, pelo terceiro ano consecutivo, os melhores tube riders nacionais numa competição especial onde o tubo é a manobra rainha.

 

Depois de dois anos a ter lugar na praia de Supertubos, em Peniche, o evento nacional de surf mais aguardado do ano vai realizar-se na praia de Carcavelos, em Cascais, reafirmando o propósito da organização de continuar a promover as principais zonas de surf da costa portuguesa.

 


À semelhança da edição anterior, os surfistas que em 2014 vão participar no Capítulo Perfeito – competição que já coroou dois dos mais destacados surfistas nacionais da atualidade, Tiago Pires (2012) e Nicolau Von Rupp (2013) – serão escolhidos pelo público através de votação online a partir de uma lista de atletas previamente elaborada pela organização em conjunto com uma Comissão de Notáveis expressamente convocada para o efeito. Assim, a organização do evento terá ao seu dispor um grupo de peritos composto por cinco personalidades de relevo do surf nacional, que irão colaborar no apuramento dos surfistas baseando-se num conjunto de valências e currículos profissionais unanimemente reconhecidos e respeitados no meio.

 


Para a 3ª edição do Capítulo Perfeito, fazem então parte da Comissão de Notáveis: João Valente, diretor da mais antiga e prestigiada revista nacional da especialidade e um estudioso do surf; José Manuel Braga, ex-selecionador nacional de surf e local de Carcavelos, tendo acompanhado de perto a formação e evolução de boa parte dos melhores tube riders portugueses; Gonçalo Ruivo, ele próprio um tube rider nato e gerente de uma operação de boat charters na Indonésia, terra dos tubos perfeitos, onde anualmente recebe dezenas de grupos de experientes surfistas; Nuno Jonet, speaker oficial da ASP (Association of Surfing Professionals) há cerca de 30 anos e um dos homens mais viajados do surf nacional, contactando diretamente com os melhores atletas do mundo; e por fim Nuno Trigo, juiz na Federação Portuguesa de Surf (FPS) e na ASP, desempenhando o papel de chefe de juízes em várias provas da Liga Moche, onde contacta diretamente com os Top nacionais.

 

A organização descreveu o convite dirigido aos Notáveis como um voto de confiança na capacidade de cada um para selecionar os surfistas portugueses que melhor correspondem ao conceito do evento, que tem como propósito reunir os melhores tube riders nacionais numa competição que só se realizará quando se verificarem condições de excelência para a prática da modalidade.

 

O grupo esteve reunido ontem no restaurante Burguês, em Cascais, para um jantar de convívio que serviu também de sessão de apresentação e esclarecimento dos critérios a considerar na triagem dos atletas, que deverão enquadrar-se em três categorias distintas: surfistas competidores, free surfers e soul surfers.

 

A organização reserva-se ainda o direito de atribuir um wildcard (convite) a um surfista local da praia de Carcavelos, a anunciar na Conferência de Imprensa de apresentação do evento, e de resgatar, também via wildcard, um dos atletas não-apurados pelo público que, pelo seu historial e provas dadas em ondas tubulares, deverá integrar a lista final de participantes. Assim, a partir dos 30 nomes pré-escolhidos pela organização e Comissão de Notáveis, será elaborada uma lista paralela de surfistas que, com base nos resultados das votações das edições anteriores, tenderão a não ser eleitos pelo público, dando assim oportunidade a um dos atletas menos conhecidos de ter entrada direta na prova. Caso o surfista que ocupa o 1º lugar da lista de resgatados seja apurado pelo público, o wildcard será automaticamente atribuído ao 2º classificado, e assim sucessivamente.

 

A lista definitiva, que será submetida a votação pública para apuramento dos 13 finalistas, será conhecida na Conferência de Imprensa de apresentação do Capítulo Perfeito 2014, agendada para o próximo dia 6 de Janeiro.

 

Composição da Comissão de Notáveis:

1. João Valente – Diretor SURFPortugal
João ajudou a formar, há mais de 25 anos, a primeira revista de surf portuguesa, que ainda hoje é a marca líder no sector. É detentor de uma enorme cultura de surf adquirida no contato permanente com a comunidade e através de uma infindável coleção de livros e revistas.

2. José Manuel Braga – Selecionador Nacional
Zé Manel, surfista das primeiras safras de Carcavelos, fez parte da evolução de vários atletas de diferentes gerações, podendo afirmar-se como o primeiro treinador de surf em Portugal. Sob o seu comando, a seleção portuguesa atingiu os maiores feitos da sua história, incluindo 4 títulos europeus Open e um Júnior, e um quarto lugar no mundial de equipas, entre outros.

3. Gonçalo Ruivo – Responsável por uma operação de boat charters na Indonésia
Gonçalo Ruivo é neste momento o maior embaixador português na Indonésia, organizando boat trips nas diversas ilhas do arquipélago. Pelas suas embarcações já passaram a maior parte dos melhores surfistas portugueses, sendo ele mesmo um tube rider nato.

4. Nuno Jonet – Speaker Internacional
Nuno Jonet é um dos maiores nomes de referência do surf nacional e mundial. Começou a fazer surf em Angola aos 21 anos, paixão que continuou por terras lusas. Foi jornalista, fotógrafo e é um dos mais conceituados speakers internacionais, tendo estado presente em quase todas as melhores provas de surf do mundo. Com isto, é-lhe atribuído um excelente conhecimento das ondas e dos melhores surfistas portugueses.

5. Nuno Trigo – Chefe de Juízes FPS
Nuno Trigo é juiz na Federação Portuguesa de Surf (FPS) e na ASP, e chefe de juízes em várias provas nacionais. Revelando um profundo conhecimento dos surfistas nacionais e dos critérios de avaliação da modalidade, é uma mais-valia para esta Comissão.

 

 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top