Itens relacionados

quinta-feira, 26 novembro 2020 15:58

Frederico Morais VS Gabriel Medina no Round 1 do Pipe Masters - As Probabilidades de vitória

O confronto mais aguardado pelos portugueses acontecerá no heat nº 5.

 

No regresso do circuito mundial de surf após o aparecimento da Covid-19, o confronto mais aguardado pelos portugueses acontecerá no heat nº 5.

 

O Billabong Pipe Masters, desta vez como etapa inaugural do circuito mundial da World Surf League (WSL), terá um período de espera entre 08 de 20 de Dezembro. Depois de serem conhecidos os heats do Round 1, no heat nº 5, o português Frederico Morais irá encontrar um adversário de peso, o brasileiro e amigo Gabriel Medina.

Recordando as competições do circuito mundial de surf, é possível relembrar os momentos que colocaram ambos os surfistas no mesmo heat.

 

2016

  • MEO Rip Curl Pro Portugal

Round 1

1º Frederico Morais – 11,37

2º Gabriel Medina – 9,76

3º Conner Coffin – 8,03

 

 

2017

  • Rip Curl Pro Bells Beach

Round 3

1º Frederico Morais – 13,94

2º Gabriel Medina – 13,57

 

 

 

  • Corona Open J-Bay

Meias finais

1º Frederico Morais – 17,37

2º Gabriel Medina – 14,70

 

2018

  • Rip Curl Pro Bells Beach

Quartos de final

1º Gabriel Medina – 15,73

2º Frederico Morais – 15,00

 

2019

  • Corona Open J-Bay

Round 1

1º Gabriel Medina – 12,03

2º Joan Duru – 10,57

3º Frederico Morais – 9,00

 

Considerando os heats em que ambos os surfistas estiveram dentro de água, Frederico Morais leva a melhor sobre Gabriel Medina com três vitórias para Morais e duas para Medina.

 

 

 

 

Considerando apenas a prova de Pipe Masters:

 

  • Frederico Morais

2016: 25º lugar (eliminado no Round 2)

2017: 25º lugar (eliminado no Round 2)

2018: 25º lugar (eliminado no Round 2)

 

  • Gabriel Medina

2011: 5º lugar (eliminado nos quartos de final)

2012: 9º lugar (eliminado no round 5)

2013:  13º lugar (eliminado no round 3)

2014: 2º lugar

2015: 2º lugar

2016: 13º lugar (eliminado no round 3)

2017: 5º lugar (eliminado nos quartos de final)

2018: Vencedor

2019: 2º lugar

 

Gabriel Medina tem um registo de elevado nível na perigosa onda de Pipeline, com uma vitória e três segundos lugares. Pelo contrário, Frederico Morais ainda não conseguiu ultrapassar o segundo round.

 

Assim, apesar de um maior número de vitórias de Morais frente a Medina em heats do circuito mundial, o surfista brasileiro tem apresentado excelentes prestações em Pipeline ao longo dos anos.

 

Voltaremos a ver Kikas a vencer Medina ou Medina fará uso do seu à vontade em Pipeline para ultrapassar o Round 1 à frente do surfista português? É esperar para ver.

 

No vídeo abaixo podemos ver a ultima sessão de Surf com bons tubos que Frederico Morais efectuou em Portugal antes de arrancar para Oahu no Hawai !

 


Perfil em destaque

Scroll To Top