Francisco Alves a voar na Caparica. Francisco Alves a voar na Caparica. Foto: Pedro Santos Ribeiro

Itens relacionados

quarta, 21 março 2018 17:58

O Raio X de Pedro Santos Ribeiro

Mais um fotógrafo que nos conta o que o move neste meio… 

 

Continuamos a dar espaço a talentos e imagens de novos fotógrafos de surf. Por esse motivo, optámos por revelar esta quarta-feira um novo Raio X. Pedro Santos Ribeiro é um dos fotógrafos que podemos encontrar pelas praias lusitanas e que nos conta já de seguida o que o move no meio da Fotografia. Fica a conhecer o seu trabalho: 

 

Todas as imagens de Pedro Santos Ribeiro

 

Antes de mais, faz-nos uma apresentação pessoal…

Olá, sou o Pedro Santos Ribeiro, sou freelancer filmmaker/fotógrafo, vivo atualmente na Ericeira e tenho 26 anos. Comecei a fotografar ainda em miúdo (13/14 anos), com uma reflex barata, e a partir desse momento ganhei o gosto à fotografia. Mais tarde decidi fazer o upgrade para a Canon 350D e a partir daí foi sempre a comprar mais e melhor material.

 

 

O que mais te motiva na Fotografia?

Bem, acho que é tentar encontrar ângulos, sítios, muitas vezes pouco explorados, que por vezes não vemos à primeira vista... ou nem sequer damos conta que existe. Hoje em dia ando a tentar explorar também a fotografia de drone.

 

- San José, Equador. 

 

Tens um sítio preferido para fotografar?

Claro, na praia, oceano… (risos)

 

- Tiago Oliveira nos Coxos, 1 de fevereiro. 

 

Que tema preferes e quais os teus fotógrafos favoritos?

Gosto muito de fotografia de ação e lifestyle. A nível nacional gosto muito do trabalho do Carlos Pinto, Fernando Guerra, André Carvalho, Pedro Mestre, entre muitos outros. A nível internacional, sem dúvida, o Chris Burkard. E depois todos os meus amigos e pessoas com quem trabalhei que me continuam a dar dicas para evoluir, como o Rui Jorge Oliveira e o Henrique Casinhas.

 

- Sri Lanka. 

 

A lente de que mais gostas?

Acho que não tenho uma lente preferida. Gosto de ter a lente preferida para a ocasião perfeita.

 

- Tomás Valente num line up vazio no Equador. 

 

Qual a tua melhor fotografia de sempre?

Essa é difícil. Acho que como fotógrafo estou sempre à procura da registar a melhor fotografia de sempre a cada sessão, mas lembro-me duma muito boa que tirei na última viagem à Irlanda com o Daniel Fonseca e o Lourenço Katzenstein. Foi um fim de tarde incrivel em termos de cores, com o espelho do Daniel na água, acho que foi o tiro perfeito, nem trabalhei as cores da foto.

 

Lourenço Katzenstein na Irlanda.

 

O que faz de ti um fotógrafo diferente?

Cada fotógrafo é sempre diferente, pois cada fotógrafo tem uma maneira diferente de ver o momento. A minha maneira de ser diferente é também ter uma visão cinematográfica do momento, já que também filmo muito.

 

- Descobrindo a Nicarágua. 

 

Um sítio onde gostarias de fotografar?

Gostava de ir para um daqueles sítios frios, tipo Escócia, Ilhas Faroé, Noruega, enfim, por aí… 

 

--

>> Aproveita e vê o Raio X anterior, AQUI

 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top